Jump to content
Sign in to follow this  
Rômulo Host Sagrado

Propaganda Eleitoral - Eleições 2010 - Regulamentação do TSE

Recommended Posts

Ola amigos, enviei uma postagem para o blog

http://www.buscahospedagem.com/propaganda-eleitoral-2010-regulamentacao

Onde tentei comentar alguns aspectos importantes tanto para os politicos que querem usar a internet nestas eleições como tambem para nós administradores de empresas hosting.

Existe varios critérios para se hospedar um site de um candidato político. Alem do candidato ter que apresentar a justiça Eleitoral o nome do site, servidor onde esta o site (que deve ser NO BRASIL), existe tambem penalidades as empresas hosting, entao é bom ficar de olho.

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Discordo com o lance do servidor no Brasil. Leia o texto da resolução:

I – em sítio do candidato, com endereço eletrônico comunicado à Justiça Eleitoral e hospedado, direta ou indiretamente, em provedor de serviço de internet estabelecido no País;

Ou seja, está claro que a empresa (provedor de serviço de internet) tem que estar estabelecida no Brasil, a lei não fala dos servidores. Portanto os que são revendas (futuramente meu caso) poderão sim hospedar os sítios (adoro essa tradução, pena que não usem) dos candidatos.


Essencial Host - Hospedagem de sites, blogs, lojas virtuais e administração de servidores
blogdohost.com.br - Dicas para quem trabalha com hospedagem de site

Share this post


Link to post
Share on other sites

até intão este é o nosso entendimento, pois se tratando de hosting no exterior, o estado (governo) não tem acesso para poder fazer o seu jus puniendi alcançar la.

É o que acontece por exemplo em sites pornograficos, pedofilia, aqueles produtos que os caras tomam pra ficarem bombados e que são proibidos no pais...

é meramente a nossa opiniao.

Negócio é esperar o pau quebrar também para ver as decisões do TSE.....rsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites

A lei é clara: "em provedor de serviço de internet estabelecido no País".

E a justiça eleitoral não vai invadir nenhum lugar, vão aplicar multas, conforme está bem claro na resolução.


Essencial Host - Hospedagem de sites, blogs, lojas virtuais e administração de servidores
blogdohost.com.br - Dicas para quem trabalha com hospedagem de site

Share this post


Link to post
Share on other sites

A questão é o controle, não a localização. O candidato precisa contratar empresa brasileira, usando o CNPJ da campanha e não CPF ou outro CNPJ, e essa empresa tem que obedecer ordens judiciais de retirada de conteúdo, de redirecionar para mensagem de retratação etc. Notar que o mesmo vale para domínio.

Outro alerta é que há várias empresas com páginas em Português que prestam serviços a partir de empresas de fora do país; essas empresas não podem ser usadas por candidatos. 

Agora, se os arquivos ficam aqui no Brasil ou não, ou se o domínio é .br ou não, não afeta o cumprimento da regulamentação eleitoral. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutos atrás, rubensk disse:

A questão é o controle, não a localização. O candidato precisa contratar empresa brasileira, usando o CNPJ da campanha e não CPF ou outro CNPJ, e essa empresa tem que obedecer ordens judiciais de retirada de conteúdo, de redirecionar para mensagem de retratação etc. Notar que o mesmo vale para domínio.

Outro alerta é que há várias empresas com páginas em Português que prestam serviços a partir de empresas de fora do país; essas empresas não podem ser usadas por candidatos. 

Agora, se os arquivos ficam aqui no Brasil ou não, ou se o domínio é .br ou não, não afeta o cumprimento da regulamentação eleitoral. 

O candidato pode usar extensões .VOTE ou .VOTO? E se ele pode, de qualquer forma somente pode comprar de empresa registrada no Brasil certo?


Tentado ajudar da melhor maneira possível 🙂 Impreza Host - Líder em hospedagem Tor | DCs em Dallas, Provo, Chicago, UK, Romênia, Finlândia e Islândia.

Share this post


Link to post
Share on other sites
30 minutes ago, Thiago Santos said:

O candidato pode usar extensões .VOTE ou .VOTO? E se ele pode, de qualquer forma somente pode comprar de empresa registrada no Brasil certo?

Ele pode usar qualquer extensão, inclusive .VOTE, .VOTO, .VEGAS... 😉

Sim, ele necessariamente tem que comprar de empresa brasileira, e isso precisa ser faturado pela empresa brasileira, caso o grupo econômico da empresa tenha tanto empresas no Brasil quanto fora. 

Mas há um detalhe pegajoso nessa história: nem todo registry/registrar coloca no WHOIS quem foi o revendedor. Então se não houver essa informação, o candidato vai tomar reclamação no tribunal eleitoral... então é bom que seja usada uma combinação TLD / registrar que mantenha essa informação publicada. E isso é bem raro. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
47 minutos atrás, rubensk disse:

Ele pode usar qualquer extensão, inclusive .VOTE, .VOTO, .VEGAS... 😉

Sim, ele necessariamente tem que comprar de empresa brasileira, e isso precisa ser faturado pela empresa brasileira, caso o grupo econômico da empresa tenha tanto empresas no Brasil quanto fora. 

Mas há um detalhe pegajoso nessa história: nem todo registry/registrar coloca no WHOIS quem foi o revendedor. Então se não houver essa informação, o candidato vai tomar reclamação no tribunal eleitoral... então é bom que seja usada uma combinação TLD / registrar que mantenha essa informação publicada. E isso é bem raro. 

Pelo que tenho visto, parece que o revendedor aparece somente no .COM.

No caso do .BR? Eu não poderia vender um .BR sem EPP? Pois no registro o domínio fica registrado no CNPJ do candidato e não no nenhuma outra empresa.


Tentado ajudar da melhor maneira possível 🙂 Impreza Host - Líder em hospedagem Tor | DCs em Dallas, Provo, Chicago, UK, Romênia, Finlândia e Islândia.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutes ago, Thiago Santos said:

Pelo que tenho visto, parece que o revendedor aparece somente no .COM.

No caso do .BR? Eu não poderia vender um .BR sem EPP? Pois no registro o domínio fica registrado no CNPJ do candidato e não no nenhuma outra empresa.

Colocar o revendedor também nos thick registries é a idéia, e a GDPR pode ajudar nisso. 

No caso do .BR todos os revendedores EPP são por exigência contratual Brasileiros, o titular Brasileiro no Brasil, e o contato de cobrança tem que estar no Brasil. Não paira dúvida de que quem vendeu é do Brasil.

Agora, sem EPP, quem vendeu foi o Registro.br, não você. A fatura vai com o CNPJ do titular, mesmo que alguém tenha atuado de alguma forma. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
34 minutos atrás, rubensk disse:

Colocar o revendedor também nos thick registries é a idéia, e a GDPR pode ajudar nisso. 

No caso do .BR todos os revendedores EPP são por exigência contratual Brasileiros, o titular Brasileiro no Brasil, e o contato de cobrança tem que estar no Brasil. Não paira dúvida de que quem vendeu é do Brasil.

Agora, sem EPP, quem vendeu foi o Registro.br, não você. A fatura vai com o CNPJ do titular, mesmo que alguém tenha atuado de alguma forma. 

 

Então em resumo quem não tem EPP pode revender pelo registro.br. E no caso da ResellerClub que vende o .BR? Segue normal também para revendedores?


Tentado ajudar da melhor maneira possível 🙂 Impreza Host - Líder em hospedagem Tor | DCs em Dallas, Provo, Chicago, UK, Romênia, Finlândia e Islândia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.




×
×
  • Create New...