Jump to content

Rafael Cresci

Senior Member
  • Content Count

    617
  • Joined

  • Last visited

Personal Info

  • Name
    Rafael Gomes de Cresci
  • Location
    Londres

Contact info

  • Skype
    cresci
  • Telegram
    cresci
  • WhatsApp
    +13057414785

Recent Profile Visitors

1,199 profile views
  1. O problema eh achar tempo e conciliar com os NDAs posteriores 😄 por isso que dei uma sumida...
  2. 20 anos se passaram e o mesmo assunto continua ressuscitando 😂 Hoje em dia o maior perigo nem é faltar energia ou o preço do IP, e sim tomar um DDoS no primeiro dia de funcionamento... 😛
  3. Eles passam longe de serem líderes - mas estão trabalhando pra isso na parte de Cloud. Também não vendem abaixo do valor. O preço do cPanel varia conforme a quantidade de licenças que vc tem, ele pode (podia) chegar a US$ 10/servidor se vc tem milhares de licenças... O preço no site do cPanel é igual preço de balcão de hotel, feito pra espantar mesmo e pra você não contratar deles - e pra eles não competirem com os maiores clientes que são os datacenters.
  4. A bem da verdade a venda foi forçada, né... O meu ex-sócio que comprou a minha parte obrigatoriamente era o master-vendedor deles. Quando o patrão dele descobriu que o cara tinha negócios paralelos, obrigou-o a escolher entre um dos dois; e acabou assimilando o meu negócio como um bom Borg 😄 e a preço de banana. Se eu soubesse o quanto iria valer uma alocação de IPv4 apenas dois anos depois, teria segurado 😄 😄 - assim como meus Bitcoins 😕
  5. SYS e Kimsufi não são revendas, mas sim linhas auxiliares da OVH (com menos suporte ainda).
  6. Se pagar minha passagem eu vou! Estou desempregado, viajar pra SP e me hospedar lá é complicado sem fonte de renda 😛
  7. A OVH é européia e as leis européias exigem que as empresas identifiquem positivamente seus clientes (KYC) para possíveis ações policiais posteriormente. Coisas da UE. Pelo GDPR, porém, eles não podem armazenar seus dados e documentos sem motivo e sem autorização expressa. Alguns dos principais provedores da industria pornô dos EUA são: - Mojohost - Choopa - PhoenixNAP Eles têm estrutura pra esse tipo de site e estão acostumados a lidar com os mesmos no dia a dia.
  8. Qual tipo de servidor? Se vc não tem acesso KVM dedicado não vai conseguir.
  9. Aquele que você sabe mexer e resolver pepinos Concorrencia, calotes e fornecer suporte Com certeza Aquela que tiver melhores condições para atender seus clientes Não existe tráfego ilimitado Não. A onda do momento é orquestração devops multicloud.
  10. https://www.bloomberg.com/news/features/2018-10-04/the-big-hack-how-china-used-a-tiny-chip-to-infiltrate-america-s-top-companies?utm_source=meio&utm_medium=email
  11. @chuvadenovembro eu tb me afastei devido a um tanto de conflito de interesses aliado a falta de tempo aliado depois a mudança internacional que fiz. O negocio eh q o WHT BR não estava dando o retorno projetado e, quando a empresa que o mantém foi vendida 2x, os novos donos não pensaram duas vezes em limar o projeto.
  12. A UOLHost não começou agora nem tem pouca infraestrutura. Eles compraram a Insite (para desenvolver a revenda deles) e antes tinham comprado a Plugin (para desenvolver a parte de dedicados), e ainda no sul reforçaram com a South Tech (Não sei se compraram ou se é parceria).
  13. No status de nossa infraestrutura nacional, consumidor "de varejo" não serve. Não dá lucro e a margem é pequena, não dá dinheiro, só dor de cabeça e despesa. Você prefere 10 mil sujeitos que pagam R$ 10 cada um gritando no seu ouvido que o site tá fora do ar ou o email tá lento ou que o site tá recebendo DDoS, ou 10 empresas corporativas que pagam 10 mil cada uma em um rack sem que você precise comprar sequer servidor pra hospedar eles, e não enchem o saco porque sabem se virar, ou quando incomodam, é raramente? A Alog SP 1 está quase lotada e a RJ 1 a 75% da capacidade. A Alog SP 2 vai ficar pronta só na virada do ano. Eles podem, porque simplesmente podem, dar o pé na bunda de quem quiser e cobrar o quanto querem. Eles não aceitam clientes de empresa de games (porque tem muito DDoS e afeta os clientes corporativos), por exemplo. Pra quê se preocupar em vender servidor a cem reau e nego ainda chorar desconto de 5-10% ou atrasar duas faturas porque tomou calote dos clientes finais? (infelizmente é a realidade de algumas/muitas eu-presas de hosting, ou de empresas mal-gerenciadas ou mal-calculadas) E não se engane: os preços nos EUA vão aumentar também. A crise fez com que o mercado fosse obrigado a reavaliar a guerra dos preços baixos tanto em dedicados quanto na banda. As empresas de hosting que vendem dedicados baratos só o faziam porque tinham crédito barato e "ilimitado". Depois do final de 2008, o crédito desapareceu, ninguém mais empresta dinheiro ou faz leasing como fazia antigamente. Tem muita empresa quebrando ou sem capital de investimento (algumas até sem capital de giro) para comprar novos equipamentos. Tentou-se resolver isso reduzindo outros custos como banda (que agora está na casa dos US$ 1-2/Mbps mas em breve já é projetado voltar aos US$ 5-10/Mbps) ou energia (acelerando green initiatives e formas alternativas de energia como hidroelétricas ou de vento, e comprando estas novas CPUs da Intel e AMD que são mais eficientes). Agora, os cortes começarão pela não aquisição de parque de máquinas e não renovação do mesmo, aproveitando o que tem de antigo até quando der, pois não tem mais onde fazer cortes. A primeira a rodar nesse esquema foi a Layeredtech. Acabou o capital pra bancar a compra desenfreada de máquinas, resolveram aumentar os preços e chutar todo mundo, para poder liberar as máquinas para o Cloud deles e assim otimizar tudo e vender mais caro ainda.

×
×
  • Create New...