Jump to content

Oque é empreender?


Otavio

Recommended Posts

Fala pessoal, tudo bem?

Recentemente vieram me perguntar como faz para uma empresa dar certo, está ai uma pergunta que não tem uma resposta exata.
Cada empresa da certo da sua maneira não existe uma receitinha de bolo, o perfil de cada empresa esta atrelada a pessoa e a os valores de quem a fundou.

Vou ilustrar uma jornada de empresa host no caso abaixo:
Irei usar um nome fictício para poder ilustrar uma jornada de uma nova host, de um rapaz de 18 anos, que sonha em ser empreendedor
Quero deixar muito claro que isso vale para qualquer tipo de negócio


Perfil:
    Nome: Pedro
    idade: 18 anos
    Irmãos: 2
    Ocupação:  Fuçador de internet
    Vícios: Gosta muito de pizza
 

O começo:
Pedro o fuçado da família o menino da internet, resolveu empreender no mercado de host, porem ele não tinha conhecimento técnico na parte de servidor e nem mesmo tinha muito investimento. Então ele começa a estudar esse mundo e nisso descobre varias empresas a L, H, G...., todas com valores excepcionais e dentro do orçamento dele R$150.
   Configuração da revenda do Pedro: (Ilimitadas contas de hospedagem / 50 GB de disco ssd / 1 Licença whmcs)

Ele que não é bobo vem fazendo alguns bicos e consegue juntar esse dinheiro, e assim se inicia a jornada de empreendedor de Pedro.
Após escolher a empresa (mais barata com mais benefícios), ele inicia a construção da  sua empresa de hosting, pega um tema free da internet o customiza, pega a licença do whmcs que vem junto na revenda, instala e configura tudo perfeitamente. 
Neste momento Pedro para e olha para tudo que criou e se sente realizado, afinal agora ele tem uma empresa, ele virou o empresário da família.


Jornada:
Desde  que Pedro decidiu iniciar sua jornada, ele realizou conquistas, dentre estas foi adquirir conhecimento de como funciona uma revenda, de como configura um whmcs de como se edita um site.
Porem ele não tem noção de quanto deverá cobrar de seus clientes, ele sabe que precisa no mínimo pagar seu custo com a revenda.  Destemido "lança a braba" R$15,00/mensal, ele faz as contas em sua calculadora e vê que precisa vender 10 planos para manter sua empresa funcionando.

Agora com sua empresa montadas e valores definidos só resta vender, como ele não tem orçamento não consegue investir em ADS.
Mais não se engane ele e fuçado da internet,  vai em grupo de whatsapp, grupo de facebook...., e então depois de alguns dias, ele consegue seu primeiro cliente.
Ele atende esse cliente como se fosse um REI, o cliente se impressiona em pagar R$15 e receber um atendimento atencioso e dedicado como o de Pedro que promete ajuda-lo em tudo que precisar.
Pedro se sente realizado afinal é seu primeiro cliente, então ele entende como conseguir novos clientes e assim segue mais alguns dias ele consegue mais 1 novo clientes , e por ai vai.
Finalizamos o primeiro mês Pedro se saiu bem, ele conquistou 3 clientes R$15,00, sua operação ainda não dá lucros, mais ele não quer desistir sentiu o gostinho do empreendedorismos .
Sem dinheiro para renovar sua revenda ele decide recorrer a seu pai/mãe/periquito/formiga e consegue o financiamento para manter sua operação.
Ele está feliz afinal se em um mês conseguiu 3 novos clientes, falta pouco para conseguir empatar seus custos, então ele se dedica integralmente a isso e dentro de 2 a 3 meses ele conquista seus 10 clientes.
Pedro está extasiado em conquistar seu sonho de ganhar dinheiro de dentro de sua casa.


Vida profissional:
Pedro se dedica a sua host 12 a 15 horas de seu dia, mais não é um problema para ele afinal essa é sua única responsabilidade.
Ele está feliz afinal mês a mês ele conquista novos clientes, conseguindo chegar a seu ápice de 30 clientes, com a receita positiva ele passou a lucrar 30x15 = R$450, ele gasta R$150 e sobram R$300, ele sente que as coisas vão melhorar ❤️, e sabe aquele vicio de Pedro ele agora pode comer sua pizza toda semana (R$30 x 4)  R$120 em pizza, mas tudo bem ainda sobram R$180.


Desde que iniciou sua jornada se passaram 6 meses, ele aprendeu e cresceu muito com isso e essa seria mais uma linda história de empreendedorismos que termina com um final feliz
FIM.........................................................................................................................................................

Realidade:
Pedro mora com seus pais, ele não trabalha afinal ele é um empreendedor o trabalho dele é a empresa que montou.
Todas as contas de casa são mantidas por seu pai e mãe.
Ele não tem ideia de quanto custa a internet, agua, luz, gás, afinal isso nunca foi uma preocupação para ele.
Até aqui a jornada de Pedro foi prospera, o dinheiro que ele investe na host e ganha não se fazem necessários em sua vida.


CHOQUE DE REALIDADE: 
Desde que começou sua jornada Pedro pegou dinheiro emprestado com seu periquito o Jorge, e até hoje não pagou oque devia, Jorge está revoltado e quer seu dinheiro, Pedro deve para Jorge R$200. Mas espere ele também pegou dinheiro com sua mãe e pai  e deve para eles R$300, Pedro então paga suas dividas afinal ele consegue pagar essa divida em 2 meses.

Seus pais vendo o sucesso de Pedro dizem que ele tem de colaborar com as contas de casa então ele tem de pagar a internet R$100, afinal ele consegue arcar com isso.

2 de seus clientes informam que querem cancelar seus planos, pois não vão continuar seus projetos ou estão mudando de host;
Mudando de host porque? Lembra a revenda baratinha cheia dos benefícios, pois é ela esta tendo quedas e algumas lentidões.

Mais 1 cliente resolve cancelar, porque precisa de nota fiscal, mas Pedro ainda é informal.

Mais 1 cliente resolve cancelar, pois aquele suporte que foi prometido no começo não esta tão eficiente, porque o cliente contratou uma hospedagem, porem Pedro prometeu ajudar o cliente a resolver Bugs do site, mas ele não consegue ajudar com isso, afinal ele é um host e não um programador apesar de ser fuçador.
Por uma  infelicidade o pai de Pedro fica desempregado, cabendo a ele e mãe manter a casa até que seu pai encontre um novo serviço.

Pedro então em um devaneio resolve calcular o quanto as 12 a 15 horas de trabalho como suporte/vendas/financeiro/marketeiro valem...
Se ele trabalha 12 horas de segunda a segunda e lucra R$300 mensal, 30 (dias) x 12 (horas) (360 horas), ai você divide o total de H pelo seu lucro 300 / 360 = R$0,83 por hora
     Na Venezuela o salario mínimo atual é de $28 (R$150) por 40 h semanais (160h mensal), isso dá R$0,93 /hora

Pedro que não tinha nenhuma responsabilidade grande em sua vida, agora tem de ajudar sua mãe e irmãos, se vê em um buraco sem saída, com as responsabilidades crescendo em sua vida por conta do infortúnio com seu pai.
Por fim Pedro começa a ver que sua empresa não é o suficiente para as contas que até então não existiam para ele (aluguel/gás/luz/energia/aguar/alimentação..)



Oque quero passar para você que está começando:
VOCÊS DEVEM EMPREENDER SIM, DEVEM ARRISCAR SEM DUVIDA ALGUMA.

Porem estude antes de arriscas, busque o conhecimento, hoje ele é gratuito e de fácil acesso tanto pela internet como em um Sebrae de sua cidade (se tiver), ou até mesmo cursos que as prefeituras fazem sem custo algum para empreendedorismo, tem até o chatgpt.

Estude quanto custa para manter sua empresa aberta sem nenhum lucro, junte esse dinheiro o guarde, pois se você mudar de ideia de que tipo de empresa quer ter, já terá um investimento.
Estude como irá conseguir clientes e como irá viabilizar isso, junte uma quantidade para ADS mensal ou o marketing de sua escolha, não fique esperando o cliente bater na sua porta pois isso dificilmente vai acontecer.

Monte sua empresa dentro da legalidade isso é um dos pilares da credibilidade que seu negocio vai passar, a meu ver é o básico...

Saiba que para sua empresa dar certo vai precisar de sua dedicação e muito do seu tempo, se for fazer como Pedro fez de não pensar no futuro e sim apenas no momento você corre sérios riscos de quebrar seu negocio antes mesmo de ver algum lucro.

Saiba o quanto você ganha por hora, tenha ciência dos seus custos (aluguel/agua/luz/lazer/alimentação/roupas/eletrônicos/moveis..), não faça como o Pedro de apenas calcular o custo operacional, afinal você também tem de comer e pagar as suas contas.

Não seja econômico D+  quando se trata da qualidade de seu serviço ou produto, afinal você precisa se diferenciar, se for para fazer igual aos outros fazem, porque as pessoas vão comprar com você?

Não queira ofertar o melhor cobrando menos que qualquer outro, afinal o seu custo mínimo já vai ser maior doque quem cobra menos e entrega uma qualidade inferior.
Seu concorrente NÃO SÃO AS GRANDES EMPRESAS, para elas a sua existência não muda nada (enquanto pequeno), e muitos casos as grandes são seu fornecedor, seu concorrente é oque esta no mesmo nível que você. 

Saiba falar NÃO
NÃO diga que vai ajudar o cliente com coisas além da sua área ou padrões, pois em algum momento o cliente vai te culpar ou te cobrar por um problema que vc o ajudou anteriormente a solucionar, o famoso (antes funcionava, ai você mexeu e deu problema, antes você ajudava...), isso te desgasta e a longo prazo pode gerar uma reputação negativa a sua empresa.

Escolha seu seguimento dentro do que você gosta e realmente ama fazer, e não dentro do que você acha que da dinheiro isso é oque mais vemos ocorrendo, exemplos recentes:
Barbearia / hamburgueria ..., explodiu a quantidade desse tipo de estabelecimento depois de um tempo 90% fecharam, pode ver que os que se mantiveram (10%) amam oque fazem os outros 90% só queriam R$.
E estes que AMAM oque fazem tem seus diferencias que vão os manter no mercado, claro AMAR exigi também CUIDAR, então não pode se acomodar.

Você vai sim ter de abrir mão de muitas coisas em sua vida até conquistar seus objetivos, passeios / festas / férias, para atender seus clientes até um dia conseguir pagar alguém para te ajudar ou ter uma rotina alinhada com a de seus cliente. Então defina isso muito bem com sua família, namorado(a), esposo(a), periquito ..., eles vão ser parte do seu pilar de motivação para não desistir.

O seu pilar sempre será você mesmo, então a única pessoa que pode decidir seu futuro será você mesmo, seus parentes familiares e amigos são parte do processo.
Então não ache que porque sua esposo(a) não te apoia que ela é a culpada das suas coisas não darem certo, assuma suas próprias responsabilidade e fracassos.

Empreender é uma escada, e os problemas são os degraus e estes NUNCA vão acabar, em alguns momentos você vai subir 10 degraus de uma vez, em outros  vai cair 20.
Porem saiba que aquele problema que você já passou e superou, em algum momento ele vai voltar, como você já teve experiencia com ele a solução será muito mais fácil ou não.
E quanto mais experiencia tiver mais caro será seu tempo e produto, afinal você já vai trazer uma bagagem para corrigir mais rapidamente muitos dos problemas.

Fox Soluções | (011) 3090 4444 / (011) 96841-9797 |  www.FoxSolucoes.com
 | Streaming Áudio | CentovaCast | Revendas de Streaming | Data Center Brasil  EUA | 
 | Streaming Vídeo | CastControl WOWZA | Revendas de Streaming | Data Center Brasil  EUA | 

Link to comment
Share on other sites

Muito bom o texto!

Me identifiquei com algumas partes, mas eu só não tive lucro no primeiro mês, do segundo em diante já tirei uns trocados

Não precisei pedir dinheiro emprestado para manter minha empresa online porque eu já tinha um trabalho antes, hoje me dedico 100% a minha empresa, tenho um faturamento bom, vivo da minha empresa.

a parte de não fornecer suporte fora do serviço contratado ao cliente é pura verdade, mas no início foi necessário para ganhar alguns clientes, hoje em dia posso me dar ao luxo de recusar clientes que pretendem abusar do suporte.

 

Link to comment
Share on other sites

Rapaz, quando eu comecei com host foi mais ou menos assim, eu não tinha responsabilidade de pagar as contas, lá nos meados de 2006. Porém, naquela época, host era um negócio que trazia os lucros rapidamente.

Na época eu trabalhava como DJ, me profissionalizei em um dos melhores cursos do RJ na época.
Gostava muito das baladas, das festas e dos trabalhos como DJ, então alguns anos depois deixei de trabalhar com os hosts, mas nunca larguei a parte da informática.

Ao ir morar em uma cidade pouco menor os trabalhos como DJ reduziram um pouco, as autoridades locais eram simplesmente contra o nosso trabalho e nos perseguiam, e se colocasse um funk, haha, era polícia militar chegando na hora.
Com isso, deixei de trabalhar como DJ também, e não compensaria sair de onde eu estava morando para continuar trabalhando na capital, onde eu ficava a vontade para trabalhar e tinha clientes fixos, já que eu tinha todo o equipamento completo.

Depois disso eu tive vários trabalho, bar, restaurante, obras, office boy, etc. E ia fazendo alguns sites estáticos para alguns clientes.

Em 2015 eu dei o pulo do gato, consegui um trabalho com cargo comissionado na prefeitura local, onde eu era chefe de projetos tecnológicos, além de dar aulas de informática e ser o responsável pela manutenção de todos os computadores da secretaria de educação e de todas as escolas municipais. Porém era um serviço temporário, e pouco antes disso eu havia sido assessor parlamentar de um vereador e também o gerente de uma pousada bem frequentada.

Casei e em 2019, no ano do nascimento do meu primeiro e único filho passei por muitas dificuldades, sem trabalho, sem dinheiro, sem casa, sem nada.
Morava de aluguel e não tinha dinheiro para pagar, fui trabalhar vendendo biscoitos e bala no trem, e também comprava algumas coisas em madureira para revender porta  a porta na minha cidade mas o dinheiro não era suficiente.

Fui eu, minha esposa, meu filho e duas enteadas morar na casa da minha mãe por algum tempo, e junto levamos todos os móveis. Ficamos lá por uns 3 meses.

Minha esposa participou de um processo seletivo na prefeitura, passou e foi chamada na semana seguinte, mas o dinheiro ainda era bem pouco.

Eu tinha um computador, e resolvi começar a criar artes para cartão de visita, panfletos, banners, etc, porém o dinheiro ainda não estava suficiente, não saía nada, toda a divulgação do trabalho para captar clientes era pela internet e eu não tinha 1 centavo para investir em nada, foi quando eu tive uma brilhante ideia;
Coloquei um nome para o meu negócio, que até então eu só anunciava que fazia as artes, mas coloquei o nome de "Gráfica Rio Santos", que é o nome da estrada em que eu morava na casa da minha mãe e por coincidência ainda estou nessa mesma rua, porém solteiro e morando com meu filho.

15 dias depois veio o anuncio da pandemia, tudo fechando, e foi aí que logo pensei que não ia pra frente por causa da pandemia. Porém não foi como eu pensei, com tudo fechado a pandemia ajudou no meu trabalho.

Com tudo fechado, parecia que eu era o único que estava vendendo serviços gráficos, começou do nada chegar pedidos de tudo quanto é canto do Rio de Janeiro, e eu andei o Rio de Janeiro todo durante toda a pandemia para buscar material no fornecedor e fazer as entregas, de dia, de noite e no finais de semana também.

Foi coisa de louco, muito trabalho pra uma pessoa só, mas hoje já consigo trabalhar muito menos e ganhado bem.
No segundo mês de "Gráfica Rio Santos", eu já estava faturando cerca de 3 mil reais e tinha um lucro médio de R$1.600,00 por mês.

Saímos da casa da minha mãe e fomos alugar uma casa pra gente.
Daí pra frente, graças a Deus tudo deu certo.
Hoje estou solteiro e morando com meu filho, continuo com a minha gráfica que virou minha principal fonte de renda e sou referência em todo o município que eu moro, despacho serviços até para a prefeitura, grandes e pequenas empresas locais.

Estou nesse ramo tem 4 anos, e cubro qualquer oferta que aparecer, nem que eu tenha que receber somente 10 ou 20 reais por isso, mas só eu sei como foi a minha correria pra chegar até onde cheguei. Se concorrente abaixar o preço, eu abaixo mais ainda.

Em fim é isso.

Link to comment
Share on other sites

Só para complementar.
A vida é feita de altos e baixos, hoje você pode estar no alto e cair, assim como pode estar em baixo e se levantar.

Se estou no ônibus e entra um vendedor ambulante, eu compro um produto, mesmo que eu não queira o produto.
Se um morador de rua me pede 1 real, eu dou até mais e não me importa se ele vai comprar alimento ou se vai comprar cachaça, mas minha parte em tentar fazer com que ele consiga comer alguma coisa naquele dia, eu fiz.
Eu já tive só o arroz no prato, eu já comi feijão puro sem sal e sem tempero, e também já fiquei sem comer por não ter gás em casa.

Link to comment
Share on other sites

12 horas atrás, Flavio Cesarino disse:

Só para complementar.
A vida é feita de altos e baixos, hoje você pode estar no alto e cair, assim como pode estar em baixo e se levantar.

Se estou no ônibus e entra um vendedor ambulante, eu compro um produto, mesmo que eu não queira o produto.
Se um morador de rua me pede 1 real, eu dou até mais e não me importa se ele vai comprar alimento ou se vai comprar cachaça, mas minha parte em tentar fazer com que ele consiga comer alguma coisa naquele dia, eu fiz.
Eu já tive só o arroz no prato, eu já comi feijão puro sem sal e sem tempero, e também já fiquei sem comer por não ter gás em casa.

É meu amigo! Eu sei bem o que é isso ! 

Já tomei atitudes erradas e isso prejudicou investimentos que eu fiz ! Já quebrei faturando 1 milhão de reais por mês! Por querer dar um passo maior que eu poderia ! E por confiar em pessoas que não deveria !

Tive que recomeçar do zero ! Infelizmente passei por momentos igual você passou de olhar para a geladeira e ter feijão e farinha !

E depois ter que lutar contra seus sentimentos e você mesmo ! Porque coisas assim nos fazem pensar se vale apena continuar vivendo ou não, e literalmente começar a dar pequenos passos ! 

 

Mas empreender é assim , a vida é assim o importante é não desistir de seus sonhos ! Porque quando isso acontecer! A sua vida acabou ! 

CWG PORTUGAL - Soluções em Tecnologia, Big Data e Cibersegurança. | PORTUGAL

DOLUTECH - Conheça nosso Blog de Tecnologia, adquira mais conhecimento de forma Gratuita.

eGestor - Plataforma completa de gestão de contratos e documentações.

Cloud Computing Gerenciado / Hospedagem Wordpress / Servidores Dedicados / Cibersegurança / Gestão de Contratos

Link to comment
Share on other sites

7 minutos atrás, LucasMoraes disse:

É meu amigo! Eu sei bem o que é isso ! 

Já tomei atitudes erradas e isso prejudicou investimentos que eu fiz ! Já quebrei faturando 1 milhão de reais por mês! Por querer dar um passo maior que eu poderia ! E por confiar em pessoas que não deveria !

Tive que recomeçar do zero ! Infelizmente passei por momentos igual você passou de olhar para a geladeira e ter feijão e farinha !

E depois ter que lutar contra seus sentimentos e você mesmo ! Porque coisas assim nos fazem pensar se vale apena continuar vivendo ou não, e literalmente começar a dar pequenos passos ! 

 

Mas empreender é assim , a vida é assim o importante é não desistir de seus sonhos ! Porque quando isso acontecer! A sua vida acabou ! 

Imagina só quebrar faturando 1 mihão e recomeçar do zero.
É uma mudança total de patamar, da pra cair em total depressão e desespero se não for forte o suficiente.

Enquanto isso estou aqui intrigado que a IONOS me debitou e me estornou.
Comprei denovo, me debitou não ativou e até agora não me estornou. é osso...

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Unfortunately, your content contains terms that we do not allow. Please edit your content to remove the highlighted words below.
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...

Important Information

Do you agree with our terms?