Jump to content
Limestone de cara nova! ×
Portal do Host

Software Bancário Brasileiro Pode Ser Causa De Travamento Do Windows 7


alexandre
 Share

Recommended Posts

Todas as minhas maquinas afetadas,tô bem bonzinho com a cara de Bill Gates kkkkk

 

O plugin bancário G-Buster, da fabricante brasileira GAS Tecnologia, quando instalado no Windows 7, pode ter sido a causa do travamento do sistema operacional da Microsoft que afetou usuários do Brasil após atualização gratuita realizada na terça-feira (9).

O site "Linha Defensiva" realizou um teste com este plugin G-Buster, constatando que ele é incompatível com a atualização do Windows 7. Entretanto, ele pode não ser a única incompatibilidade da atualização.

 

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2013/04/software-bancario-brasileiro-pode-ser-causa-de-travamento-do-windows-7.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

 

Link to comment
Share on other sites


  • Replies 9
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

coincidência ou não, a GAS Tecnologia tá mudando de nome rs

Pura coincidência ===>  http://exame.abril.com.br/negocios/aquisicoes-fusoes/noticias/diebold-compra-gas-tecnologia-no-brasil/

 

GAS é referência no segmento em que atua e jamais eles criariam no passado algo que eles por ventura tivessem a capacidade de prever que no futuro a Microsoft criaria uma atualização que entrasse em conflito com o que foi desenvolvido por eles.    Quase todos os bancos usam a solução deles e em muitos anos que uso plugins deles pra acessar internet banking não lembro de ter visto situação como a que ocorreu agora, então se vermos pelo lado positivo pode ser um bom momento da Diebold adquirir know-how, ou seja, diante de uma crise ocorrida logo após o período de transição que foi feito para a compra da GAS.

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...
Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.



×
×
  • Create New...

Important Information