Jump to content

adamkain

Junior Member
  • Content Count

    78
  • Joined

  • Last visited

Personal Info

  • Name
    Adam Mazzei
  • Location
    Londrina-PR

Contact info

  • Skype
    adam_mazzei

Recent Profile Visitors

627 profile views
  1. Vc diz no Resolver Configuration do WHM? Sempre usei assim na minha VPS, mas as vezes os servidores da Sercomtel ainda se 'perdem'. E como 90% dos meus clientes são aqui da cidade, sempre tenho alguma reclamação desse tipo... Mas a dica é boa, pode ajudar no caso da Mob Telecom que o autor citou...
  2. Cara, tbm não sei o que pode ser feito. Sempre acontece com um provedor aqui da minha cidade tbm, a Sercomtel. Tá tudo funcionando normalmente e do nada, os servidores de DNS deles param de 'encontrar' o servidor que hospeda os sites. Aí vc vai falar com o cliente e ele diz que todos os outros sites do mundo estão funcionando, menos o dele. Aí é só configurar o DNS do Google no Windows que resolve o problema, na hora. Já coloquei os NS do servidor no CloudFlare, mas não resolveu...
  3. Acho que não Marks. Mas se vc abrir outra aba e ir em List Accounts, dá pra ter uma ideia da quantidade que já foi transferida...
  4. Se a entrada MX estiver usando o próprio dominio sim, será de boa. Se estiver usando o nome de host, vai dar problema, porq o nome do host vai apontar pro IP do servidor antigo, até que a conta principal (onde tem a entrada do nome do host) ou o Registro.BR seja alteado pro IP novo...
  5. Isso funciona no servidor novo. Mas se por exemplo, ainda não tiver alterado no Registro.BR, vai dar problema. A Zona de DNS no servidor antigo deve ser atualizada/conferida "manualmente." Isso mesmo. Mas isso só vai funcionar após alterar no Registro.BR, o que vc deverá fazer somente após migrar todas as contas. Neste caso, seria bom criar uma entrada (no servidor antigo) mail > a > ip_servidor_novo e a entrada MX > mail.dominio.com Dessa forma, o servidor antigo continua respondendo pelo dominio mas direcionando tudo pro servidor novo, até a alteração no Registro.BR ser efetuada E propagada.
  6. Pra mim funcionou bem. Mas tem um detalhe importante. Parece que só troca as entradas que tiverem o IP antigo, pelo novo. Ou seja, tem que conferir, principalmente, a entrada MX. Pois se estiver diferente da padrão, a TransferTool não altera ela. Se estiver usando as entrada MX do Google, vai continuar assim. Até aí tudo bem. Mas em alguns servidores, por padrão a entrada MX é nome do host e não do dominio. Aí os emails continuam indo para o servidor antigo que estará com a conta suspensa. Então, após a migração com a opção Express ativada, confere a Zona de DNS no servidor antigo e tbm no novo.
  7. Que eu saiba (posso estar errado), ele mantem o padrão da conta sim. Se está na home2, vai continuar na home2. Mas no novo servidor, a home2 pode ser somente um diretorio e não uma partição nova...
  8. Com essa opção habilitada, a Transfer Tool vai atualizar as entradas de DNS no servidor fonte com o IP do novo, e já suspende a conta tbm... E essa opção de substituir, é que faz a atualização em caso de algum erro. Deve estar habilitada se estiver executando o processo pela segunda vez. Por exemplo. Quando migrei uma conta de 80Gb... Eu migrei com a opção Express desmarcada. Demorou bastante. Após o processo, eu conferi tudo, entrando nos emails, contatos, banco de dados, arquivos, etc etc... E nesse tempo de conferencia, os emails continuavam chegando no servidor antigo. Aí era preciso migrar novamente e aí é só executar o processo novamente usando a opção Expressa e Substituir. Assim o Rsync faz a atualização somente dos arquivos 'novos'...
  9. Faz tempo q eu não uso. Mas quando precisei, migrei conta com quase 80Gb e funcionou muito bem. E se por acaso der algum erro, vc pode iniciar o processo novamente, sem sobrescrever os dados no servidor de destino. Assim, o processo com Rsync vai enviar somente os dados que faltaram no processo mal-sucedido ou que foram atualizados...
  10. Marks, se não me engano, a Transfer Tool do próprio cPanel usa RSync para fazer isso, ou seja, não vai gerar backup e ocupar espaço em disco. Acredito ser a melhor forma...
  11. No menu Resellers > Edit Reseller nameservers ans privileges Tem as opções de limitar o numero de contas, por recursos, permitir overselling, etc... http://prntscr.com/p1rpin
  12. E os cronjobs? Veja se está configurado e a hora em que está... Como são 22 instalações, não seria bom que rodassem todos ao mesmo tempo... Pode ser que o servidor trave durante o envio, no momento que roda algum cron... Se bem me lembro esses crons eram meio pesados, porq atualizam muitos dados das campanhas, emails que foram lidos, etc...
  13. É, eu tbm não uso pra servidores cPanel... já li em algum lugar sobre isso. Mas esse servidor do seu amigo, tá rodando cPanel e 22 Mautics ?? Apesar da boa configuração acho que o gargalo tá aí... Em qual estrutura está esse VPS ?
  14. Não Marks... faz anos que não mexo com Mautic, nem sei que versão que está... Mas na época, o Gabriel Wohlfart foi um dos primeiros a fazer um curso bem detalhado de Mautic, assim que começou a febre do Fórmula de Lançamento, etc... mas parece que o site dele tá fora do ar... Mas uma sugestão é vc otimizar esse my.ini e ver se dá algum resutado... Pela quantidade de memoria ram, esses buffers que citei, estão baixos. Como eu rodava só o Mautic na VPS, usava bastante o mysqltuner pra ajustar esses valores...
  15. Alguns anos atras eu trabalhei com Mautic, então era outra versão e talz... Mas na época, a gente configurava uma VPS para cara instalação... O banco de dados não era muito bem otimizado. Trabalhava com base de 50mil emails e a gente mexia bastante nas configurações do MySQL mesmo. Tinha uns cursos que ensinavam a configurar o Mautic e as recomendações eram sempre em torno dos buffers... key_buffer, join_buffer, read_buffer e tbm os buffer de innodb... Se bem me lembro, o Mautic armazenava individualmente, informações de cada email enviado e por isso começava a estourar os buffer na hora das consultas com join...

×
×
  • Create New...