Jump to content

Duvidas servidor dedicado


Recommended Posts

Pessoal.

 

Gostaria que me ajudassem com umas duvidas.

 

 

Possuia um dedicado Core2Duo com 4Gb de RAM e 500Gb de HD.

 

A maquina funcionava bem e raramente o load passava de 1.00.

 

Animei com esse negócio e em setembro passado substitui essa maquina por um dual quad-core 2.13 com 24 Gb de RAM e 1000 Gb de HD.

 

O load nessa máquina dificilmente fica menor do que 1.00.

 

Um detalhe importante é que a diferença em quantidade de domínios de uma máquina para a outra não passa de 20 domínios.

 

Ao olhar o uso dos recursos percebi que dos 24 gb de ram a máquina sempre ta usando perto de 23 gb.

 

O mySQL também anda uma carroça.

 

Com sinceridade, gostaria da opinião de vocês se isso pode ter sido configuração mal feita do equipamento, tendo em vista que esse equipamento levou mais tempo do que o primeiro para ser configurado pela pessoa que fez o trabalho e tenho tido muita dificuldade em fazer contato com o mesmo, principalmente se toco no assunto da lentidão no mySQL.

 

Abraços.

 

Pablo

Link to comment
Share on other sites

Lentidão tem N motivos. Primeiro passo é verificar o uso do cpu. Digite top -c via ssh e poste o resultado aqui.

 

Correto.

 

Alem disso, o senhor diz que só 20 domínios de diferença, mas basta só um que tenha muitos acessos e ou grande uso de recursos para derrubar seu servidor.

 

Mas, eu nao ficaria preocupado seu servidor e um "Dual quad-core" o seja o load pode chegar até 8 e estará funcional mesmo  assim (o ideal e não passar de 5)

Link to comment
Share on other sites

@Pablo Parrini Leon, o problema geralmente esta relacionado a maneira como o servidor foi configurado. Muitos iniciam a configuração e operação do servidor sem fazer testes mínimos e triviais. Mas, como seu servidor já esta em operação a bastante tempo, uma quantidade enorme de problemas já podem estar em plena atividade e consolidados. Isso quer dizer que por melhor que sejam os comentários e sugestões aqui, o correto seria expor teu dedicado a uma auditoria. Mesmo assim, vou tentar sugerir algumas rotinas básicas para que você tente identificar alguma anomalia evidente.

  • CPU
  • Input/Output
  • Memória física

==========mysql

Liste os processos do MySQL para descobrir indicios de abuso:

# mysqladmin processlist

Se desejar analisar o resultado da saída posteriormente, com mais calma, jogue-o para o diretório publico do Http apache:

# mysqladmin processlist > /usr/local/apache/htdocs/mapl.txt

Com isso, o arquivo mapl.txt poderá ser lido via url http://HOSTNAME/mapl.txt
Você ainda pode executar a reparação e otimização das bases, tudo via terminal, para incrementar o processo.
Não se esqueça de utilizar o comando screen para evitar problemas causados pela interrupção da comunicação entre seu desktop e o servidor.

Verifique ainda como esta o arquivo /etc/my.cnf, e caso ele estiver sem otimizações, execute o mysqltuner para analisar possíveis incrementos:

# cd /usr/local/src# wget https://raw.github.com/major/MySQLTuner-perl/master/mysqltuner.pl# chmod +x mysqltuner.pl# ./mysqltuner.pl

==========ipos

Faça um teste de Input/Output no disco. Resultados muito baixos podem relevar problema iminente no disco / controladora /etc:

# dd if=/dev/zero of=test bs=64k count=16k conv=fdatasync

Se desejar agregar verificação de link e algo um pouco mais completo:

# wget http://freevps.us/downloads/bench.sh -O - -o /dev/null|bash

==========logs

Não deixe de verificar a rotatividade dos logs:

 

  • Home » Service Configuration » Apache Configuration » Log Rotation
  • Home » Service Configuration » cPanel Log Rotation Configuration

 




==========memória

O gerenciamento de memória em sistemas Unix Like (linux incluso) é um pouco confuso mesmo, ou seja, não é exatamente da maneira que se vê que se deve interpretar (free -g / free -m). Sendo assim, tire sua dúvida, limpando a memória cache antes de consultar o comando free -g.

No terminal de comandos, crie um arquivo com o conteúdo abaixo:

#!/bin/sh

/bin/sync
echo 3 > /proc/sys/vm/drop_caches


Crie o arquivo:

# nano /scripts/mem_cache_clear

Cole o conteúdo que citei acima nele. Salve (CONTROL + O) o conteúdo e saia (CONTROL + X) do exitor.

Torne o arquivo executável:

# chmod +x /scripts/mem_cache_clear

Execute o mini script:

# /scripts/mem_cache_clear

Após o terminal ficar liberado novamente, consulte com o free -g.


==========conclusão

Demais verificações precisam ser feitas e podem se dar pelo próprio WHM via usuário root.
Se tudo isso que foi descrito nas demais respostas dos outros membros do forum lhe parecer confuso e pouco conclusivo, pode ser um evidente sinal que você precisará se sujeitar à contratação de um serviço externo para disgnosticar o teu servidor. Ficar seguindo dicas avulso pode acabar agravando o cenário do server, ou pior, gerando novos problemas.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Unfortunately, your content contains terms that we do not allow. Please edit your content to remove the highlighted words below.
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...

Important Information

Do you agree with our terms?