Jump to content

O renascimento das revendas de hospedagem


AngelCosta
 Share

Recommended Posts

  • Team

Por coincidência, tenho lido em vários lugares sobre o futuro das revendas com o advento do termo "ilimitado" no mercado da hospedagem. Também, o Silas levantou o assunto por e-mail. Aí vai uma tradução/adaptação do texto sobre o assunto que achei no Reseller Guide.

A revenda é um conceito fictício. É um termo de marketing, não uma especificação técnica

Ao contrário de outros termos de hospedagem como "hospedagem", "vps", "dedicados", "hospedagem gerenciada" ou ainda "planos econômicos" e "e-commerce", o termo revenda necessita especificações técnicas para que possamos distinguir o seu tipo. Mas ao mesmo tempo, revendas constituem uma indústria milionária.

 

Por que? A razão é simples. Uma mudança relativamente pequena em um sistema de automação permite que indivíduos que não podem arcar com investimentos em uma estrutura de hospedagem própria ou que não tem habilidades em gerenciamento de servidores possam se estabelecer como empresa de hospedagem. Hospedagem, VPS, dedicados, qualquer tipo de serviço de hospedagem pode ser revendido. Tudo que o iniciante precisa é de ambição e habilidade de fazer propaganda na rede.

Como de uma revenda nasceram duas empresas de hospedagem?

Tenho gerenciado uma empresa de hospedagem por 7 anos. Eu entrei no mercado como uma pequena empresa de webdesign, fundada por dois caras na Bulgária. Não havia capital de giro ou outro investimento significativo por trás de nosso início. Precisávamos achar um serviço de hospedagem para nosso endereço (fouthcolor.com) e inicialmente assinei com uma empresa chamada Addr. Entretanto, não era aceitável esperar 48 horas pela resposta de um ticket de suporte. Soa ridículo hoje, mas meu primeiro host respondia aos nossos tickets em 24-48 horas.

 

Não havia muitos hosts então não havia muitas opções. Um dia, recebemos um e-mail de alguém que dizia poder prover um serviço decente e prometeu respondeu prontamente aos nossos tickets. Não demorou muito para tomarmos uma decisão. O cara que nos enviou o e-mail começou seu negócio como Alabanza Reseller. Hoje, ele é dono de uma empresa de boa reputação, ICDSoft. Sua empresa ainda responde bem aos nossos tickets, cumprindo a promessa de muitos anos atrás. Entretanto, decidimos sair por causa do crescimento do portfolio de clientes. Precisávamos de um dedicado e RackShack - hoje ThePlanet - foi a que mais atraiu a nossa atenção pelo modelo de preço agressivo. O dedicado deu luz ao host color (empresa do autor original), um nome popular em hospedagem.

 

Esta é minha história. Você pode ver como um e-mail enviado a alguém 8 anos atrás tornou possível que uma empresa de hospedagem fosse criada. O e-mail foi enviado por alguém com uma conta de revenda. Quando ele começou a procurar por clientes, ele não operava seu próprio equipamento e não sabia muito sobre administração de servidores. Mas isso não o impediu de criar o seu host.

 

A história acima não é única na indústria. Se nós decidirmos entrevistar 100 proprietários de empresas de hospedagem, vamos descobrir que vários começaram como revendedores. mesmo que não seja único, a história é um bom exemplo de como alguém com espírito empreendedor e certas habilidades em vendas e o marketing certo podem gerar uma empresa online, uma empresa de hospedagem em particular.

Os planos ilimitados estão acabando com as revendas?

A revenda está atrelada ao mercado de hospedagem compartilhada. Muito dos que operam revendas vendem hospedagem a baixo custo. Seus negócios estão prestes a ir para um nicho (setor/público alvo), como parte da evolução da indústria de hospedagem.

 

Desde 2006, o mercado de hospedagem tem crescido substancialmente e milhares de novas empresas apareceram. Os preços de dedicados caíram. Hoje pode-se conseguir um servidor pode menos de 70 dólares ao mês e ter seu próprio host.

 

Virtualização e o acelerado desenvolvimento de várias tecnologias de VPS permitiram que as revendas ficassem "ultrapassadas". Entretanto, o que tem acabado com as revendas é o "ilimitado" oferecido pelas empresas de hospedagem. Quando hosts começaram a oferecer espaço ilimitado e tráfego ilimitado por 7 dólares por mês ou menos, torna-se menos necessário comprar um plano de revenda.

 

É impossível competir com a hospedagem compartilhada ilimitada quando você (como revenda) tem apenas recursos limitados no bolso. Se alguém compra um plano de revenda que tem 50 gb de espaço no servidor e 250gb de transferência, pode-se criar 10 contas de 5 GB/25GB. Então a revenda pode tentar vender estas 10 contas, mas será mais difícil competir porque não podem oferecer o ilimitado.

O renascimento das revendas

Uma mudança pequena, porém signicativa no conceito de produção e entrega de recursos de computadores salvou o nicho da revenda de hospedagem. É a computação em nuvem. O novo modelo de rede constitui uma infra-estrutura altamente disponível levando as revendas a um outro nível. Revendas estão renascendo!

 

A nuvem é uma excelente para qualquer um envolvido com revendas de abandonar o meio tradicional de vender hospedagem e se tornar parte da indústria da nuvem. E aqueles que decidirem seguir adiante podem ficar no mercado de revenda e crescer como empresa. Os que decidirem ficar na mesma direção vendendo hospedagem do jeito "antigo" pode perceber que seu negócio já era.

 

E você? Tá preparado para botar os pés nas nuvens?

Link to comment
Share on other sites

Hoje em dia o terno "cloud" tem crescido demais, mas apenas para os grandes. Não creio que os pequenos ainda possam degustar financeiramente (digo, vender) estes tipos de produtos e serviços. O termo de revenda é um pouco diferente nos EUA do que é hoje no Brasil. Lá, em suma, revendores são pessoas que conseguem descontos com as empresas de hostings em todos os seus serviços e revendem por um preço um pouco menor que o que elas comercializam. É vantagem para a empresa que, mesmo que ganhe um valor manor, não tem o peso de ter de efetuar a venda. No Brasil, como todos sabemos, revendedor é alguém que pensa em criar uma empresa de hospedagem (ou que acha que pode ganhar dinheiro fácil) e tem de começar de algum lugar. Hoje o empreendedor brasileiro que gerencia revendas tem uma cabeça evolutiva muito maior que os americanos (detalhe: estou falando dos empreendedores mesmo, não os que querem brincar no mercado). Como disse pro Silas também via e-mail, os pequenos não devem entrar na onda da nuvem (a não ser para hospedar seus serviços) com a intenção de vender clouds, mas sim de prestar um atendimento preferencial aos seus clientes. O mercado de hosting nacional está cheio de grandes empresas que oferecem espaço em disco ilimitado, tráfego ilimitado, etc., mas que não têm capacidade de prestar um atendimento de qualidade. O brasileiro leva em consideração o valor em primeira instância, mas é importante a sua empresa (ou Eupresa - Angélica ;)) ficar na "segunda instância", que é aquele cliente que deixa o primeiro host grande insatisfeito com o atendimento, já tem seu site no ar e um conhecimento básico do que é hospedagem de sites. É nesse que você deve investir, principalmente pelo fato de ele(a) estar disposto(a) a pagar um pouco a mais pelo serviço.

Link to comment
Share on other sites

Ótimo post Angélica, Creio que 90 % aqui das pessoas que possuem um host já foram ou são revenda, e essas pessoas estão sendo muito prejudicadas por esses planos ilimitados. Mais muitos clientes não são adeptos do "ilimitado", nuitos clientes que vieram para minha empresa vieram criticando alguma empresa que oferece isso. Quando comecei como revenda graças a Deus ainda não havia planos ilimitado :D. Hoje já possuo meus próprios servidores, mais ainda não aderi essa política de "ilimitado", afinal HD ilimitado ainda não existe. Hoje os VPS e Clouds estão sendo as melhores opções para quem está em revendas por serem soluções de baicho custo comparados a servidores 100% dedicados. Um dos outros motivos é a grande "prostituição" de revenda de hospedagem, hoje em dia se encontra hospedagem a R$ 1,99; isso é uma grande desvalorização dos serviços, e tem sido um vilão contra revendas que não podem oferecer espaços tão grandes por esse valor. Angélica Ótimo post, parabéns.

Link to comment
Share on other sites

Essa historia de "ilimitado" me irrita porque no fundo sabemos que não é ilimitado. Fico me pensando aqui logo estou saindo de revenda pra um VPS ai como vai ser? não vou poder oferecer ilimitado.

Link to comment
Share on other sites

Com certeza ilimitado não existe, por traz deles existem um longo contrato. Eu particularmente não ofereço planos ilimitados. Prefiro oferecer uma Hospedagem com 1 GB do que um plano ilimitado; afinal quem hoje tem um site com mais de 1 GB ?

Link to comment
Share on other sites

Carlos, eu adorei este artigo. Mas sei que ele se refere a uma realidade que não é bem igual a nossa. O brasileiro tem um perfil empreendedor muito interessante quando viram revendedores (como vc falou, os sérios). Falam tão mal dos revendedores, e o autor acima destacou o papel fundamental que a revenda tem no aprendizado de quem começa do "chão" da indústria de hospedagem.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...