Clicky

Jump to content
Portal do Host
  • Sign Up

Sign in to follow this  
Fernando Rafs

Promoção para clientes inativos vs clientes ativos

Recommended Posts

Fala pessoal!

Bom, tentei contato junto ao advogado que presta assessoria para a empresa, mas não estou conseguindo contato no dia de hoje, e como não encontrei (pesquisei ok) algo relacionado resolvi postar esta dúvida aqui no Fórum, que talvez possa ser a vir a dúvida de outros futuramente.

Atualmente existem leis referente a promoções para novos clientes, que para o Estado de São Paulo é a 15.854/15, como segue:

Artigo 1º – Ficam os fornecedores de serviços prestados de forma contínua obrigados a conceder a seus clientes preexistentes os mesmos benefícios de promoções posteriormente realizadas.

Parágrafo único – Para os efeitos desta lei, enquadram-se na classificação de prestadores de serviços contínuos, dentre outros:

- concessionárias de serviço telefônico, energia elétrica, água, gás e outros serviços essenciais;
- operadoras de TV por assinatura;
-  provedores de “internet”;
-  operadoras de planos de saúde;
-  serviço privado de educação;
-  outros serviços prestados de forma contínua aos consumidores
.

Neste caso, serviços de hospedagem se enquadram nesta LEI, em "Provedores de Internet e ou Serviços Contínuos".

Porque fizemos uma promoção por e-mail (não anunciada em nosso website) para clientes inativos de hospedagem de sites, não para novos cadastros, mas já veio aquele cliente ativo, que é contato de outro cadastro "Inativo" reclamando que quer a promoção para ele também, ou seja, que seja concedido o mesmo valor promocional (desconto não recorrente) para ele.

O que fazer? Então se um cliente contratou um plano com desconto X, se lançada uma promoção para clientes inativos também temos que aplicar o desconto para todos os ativos? Mesmo que não a promoção foi realizada por e-mail e apenas para alguns clientes inativos?

Em minha opinião é que está lei me parece inconstitucional,  porque parece-me que esbarra no princípio da livre iniciativa econômica e livre concorrência, garantias também constitucionais, previstas no caput do artigo 170 em seu inciso IV da constituição. Este tipo de intervenção, não seria de competência da União Federal? Podendo o Estado, afrontar a Constituição.

Como minha área não é a Jurídica (não entendo nada neste requisito ok), se tiver alguém mais entendido no assunto e puder compartilhar sua expertise, agradeço de antemão.

 

 


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Necessitamos sempre de ambicionar alguma coisa que, alcançada, não nos torna sem ambição.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutes ago, Fernando Rafs said:

Fala pessoal!

Bom, tentei contato junto ao advogado que presta assessoria para a empresa, mas não estou conseguindo contato no dia de hoje, e como não encontrei (pesquisei ok) algo relacionado resolvi postar esta dúvida aqui no Fórum, que talvez possa ser a vir a dúvida de outros futuramente.

Atualmente existem leis referente a promoções para novos clientes, que para o Estado de São Paulo é a 15.854/15, como segue:

Artigo 1º – Ficam os fornecedores de serviços prestados de forma contínua obrigados a conceder a seus clientes preexistentes os mesmos benefícios de promoções posteriormente realizadas.

Parágrafo único – Para os efeitos desta lei, enquadram-se na classificação de prestadores de serviços contínuos, dentre outros:

- concessionárias de serviço telefônico, energia elétrica, água, gás e outros serviços essenciais;
- operadoras de TV por assinatura;
-  provedores de “internet”;
-  operadoras de planos de saúde;
-  serviço privado de educação;
-  outros serviços prestados de forma contínua aos consumidores
.

Neste caso, serviços de hospedagem se enquadram nesta LEI, em "Provedores de Internet e ou Serviços Contínuos".

Porque fizemos uma promoção por e-mail (não anunciada em nosso website) para clientes inativos, não para novos cadastros, mas já veio aquele cliente ativo, que é contato de outro cadastro "Inativo" reclamando que quer a promoção para ele também, ou seja, que seja concedido o mesmo valor promocional (desconto não recorrente) para ele.

O que fazer? Então se um cliente contratou um plano com desconto X, se lançada uma promoção para clientes inativos também temos que aplicar o desconto para todos os ativos?

Em minha opinião é que está lei me parece inconstitucional,  porque parece-me que esbarra no princípio da livre iniciativa econômica e livre concorrência, garantias também constitucionais, previstas no caput do artigo 170 em seu inciso IV da constituição. Este tipo de intervenção, não seria de competência da União Federal? Podendo o Estado, afrontar a Constituição.

Como minha área não é a Jurídica (não entendo nada neste requisito ok), se tiver alguém mais entendido no assunto e puder compartilhar sua expertise, agradeço de antemão.

 

 

Você não precisa nem se basear nesta lei específica estadual, o código de defesa do consumidor já dispõe que qualquer cliente tem a possibilidade de aderir à qualquer promoção independente da condição do cliente de ser novo, ativo ou inativo.

Ele pode te exigir isso judicialmente, mas além disso, eu não acho que valha a pena você comprar a briga com o cliente, e acabar tendo um cliente insatisfeito, o que, na minha opinião, para este caso concreto, é muito pior que um processo judicial.

 

Só retomando um pouco essa questão constitucional... Não é bem assim tá, não significa que uma lei é federal que ela pode afrontar a constituição, na verdade, a constituição federal é a lei soberana sobre todas às outras, independente do órgão legislativo. Mas já tem um entendimento super pacificado na jurisprudência nesse sentido, e com certeza, esse entendimento não é inconstitucional, mas assegura o direito à igualdade previsto nos direitos fundamentais da CF/88.

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, Henrique Rosset disse:

Você não precisa nem se basear nesta lei específica estadual, o código de defesa do consumidor já dispõe que qualquer cliente tem a possibilidade de aderir à qualquer promoção independente da condição do cliente de ser novo, ativo ou inativo.

Ele pode te exigir isso judicialmente, mas além disso, eu não acho que valha a pena você comprar a briga com o cliente, e acabar tendo um cliente insatisfeito, o que, na minha opinião, para este caso concreto, é muito pior que um processo judicial.

Não foi comprado briga com o cliente (apenas fiquei com esta dúvida), a reclamação foi atendida e avisado que lhe será concedida a promoção, porém como anunciado, para o valor do plano praticado atualmente, já que o cliente paga um valor inferior ao praticado atualmente, e um novo contrato deverá ser firmado.

Ou seja, o cliente deixará de pagar menos nas próximas renovações Anuais, já que o desconto será aplicado como anunciado na promoção e não para o valor que ele paga atualmente. O cliente não paga o mesmo que novos clientes pagam, ele paga menos e já possui desconto aplicado também. Mas ver vantagem ou desvantagem na aceitação desta promoção fica a cargo do cliente.

Então se eu acessar o site de uma empresa Brasileira onde por exemplo tenho um dedicado por R$2.000,00, e ficar sabendo que outra pessoa recebeu um e-mail com uma promoção do mesmo dedicado a R$1.000,00, eles devem abaixar o valor do meu dedicado para R$1.000,00? (esta ilustração foi apenas um exemplo, porque não tenho dedicados no Brasil)


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Necessitamos sempre de ambicionar alguma coisa que, alcançada, não nos torna sem ambição.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutes ago, Fernando Rafs said:

Então se eu acessar o site de uma empresa Brasileira onde por exemplo tenho um dedicado por R$2.000,00, e ficar sabendo que outra pessoa recebeu um e-mail com uma promoção do mesmo dedicado a R$1.000,00, eles devem abaixar o valor do meu dedicado para R$1.000,00? (esta ilustração foi apenas um exemplo, porque não tenho dedicados no Brasil)

Desde que as condições sejam compatíveis, sim.

Se você não quer que alguns clientes possam aderir a promoção, simplesmente não deixa eles saber... Por isso que a maioria dos datacenters tem uma cláusula de sigilo nas propostas, e pedem para que você não divulgue a proposta para outra pessoa.

 

Exemplo ilustrativo que aconteceu comigo: A TIM tá sempre mudando os planos deles de pós-pago... Quando eu assinei com eles a primeira vez, pagava R$139 em 3GB de internet móvel, hoje de tanto que eles já mudaram os planos, eu pago R$99 em 7GB de internet móvel, porquê conforme eles mudavam os planos ou faziam promoções novas, eu solicitava a adesão nas promoções mesmo que, no marketing eles dissessem ser apenas para novos clientes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, Henrique Rosset disse:

Desde que as condições sejam compatíveis, sim.

Se você não quer que alguns clientes possam aderir a promoção, simplesmente não deixa eles saber... Por isso que a maioria dos datacenters tem uma cláusula de sigilo nas propostas, e pedem para que você não divulgue a proposta para outra pessoa.

 

Exemplo ilustrativo que aconteceu comigo: A TIM tá sempre mudando os planos deles de pós-pago... Quando eu assinei com eles a primeira vez, pagava R$139 em 3GB de internet móvel, hoje de tanto que eles já mudaram os planos, eu pago R$99 em 7GB de internet móvel, porquê conforme eles mudavam os planos ou faziam promoções novas, eu solicitava a adesão nas promoções mesmo que, no marketing eles dissessem ser apenas para novos clientes.

Aí é que está o problema, já temos esta cláusula, mas o cliente tinha outro cadastro Inativo, o qual recebeu a promoção, não valeu neste caso.

O negócio é problemático kkkk.

Agradeço muita o seu apoio, agora é não fazer promoção nenhuma kkk.

  • Like 1

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Necessitamos sempre de ambicionar alguma coisa que, alcançada, não nos torna sem ambição.

Share this post


Link to post
Share on other sites
34 minutos atrás, Fernando Rafs disse:

Aí é que está o problema, já temos esta cláusula, mas o cliente tinha outro cadastro Inativo, o qual recebeu a promoção, não valeu neste caso.

O negócio é problemático kkkk.

Agradeço muita o seu apoio, agora é não fazer promoção nenhuma kkk.

Só impor a condição dele assinar no cadastro inativo

Sem a condição de mudança do atual plano para o novo assim ele terá de começar tudo do 0

Pois caçar essa briga na justiça é perca de tempo e você vai perder. 

  • Like 1

Fox Soluções  | Streaming Áudio - Revendas de Streaming | Data Center Brasil  EUA  | www.FoxSolucoes.com
 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.



×
×
  • Create New...