Jump to content

Diferença Entre Transferência Em Gb E 15Mbps


Camargo
 Share

Recommended Posts

Pessoal, enquanto vejo em alguns sites de hospedagem com planos em transferência de 500GB e tal, também vejo usando terminologias como Mbps. Procurei na internet e encontrei alguma coisa sobre este assunto, mas...

Alguém poderia elucidar melhor o assunto?

100GB equivaleria a quantos Mbps, ou não se pode comparar assim?

Link to comment
Share on other sites

É que estava na BlueHost, porque tenho clientes meus lá, e perguntei os caras como funciona a transferência deles, daí me disseram que quanto a transferência é como a imagens abaixo:

blue-host.png

Esses 15Mbps significa o que? Equivale a quê?

Link to comment
Share on other sites

Quantos metros dá 1 hora? heuheuhe

Você está misturando as coisas..

GB = No seu exemplo, é para medir espaco em bytes de algo..

1GB de Disco, 2GB de RAM, etc etc....

1Gbps = Um giga bit por segundo.. => quantidade de bits transferidos em um segundo...

Explore a wikipedia sobre Gigas, Megas, bits, bytes, etc.... Ela vai te detalhar melhor

Link to comment
Share on other sites

Quando se oferece o tráfego em GB, significa isso:

O servidor tem uma conexão de internet em alta velocidade, porém você só poderá usar parte dessa velocidade. Como é quase impossível limitar essa velocidade no servidor para cada usuário, então eles calculam o quanto de download/Upload (em gigaBytes) dá para fazer nessa conexão e dividem daí a quantidade que cada tem direito em usar por mês.

No caso, há algumas características técnicas da conexão que tenho que resumir antes de responder a pergunta.

1. Em sua grande maioria, os datacenters utilizam links full-duplex, isto é: a velocidade de upload = velocidade download.

2. Um servidor consome muita banda de upload. Upload é enviar os arquivos de seu computador para a internet. No caso, os servidores fornecem imagens, páginas, arquivos css, etc... Logo, o upload é o mais importante. Já no caso dos computadores domésticos que recebem arquivos da internet, o mais importante é o download.

3. As conexões em datacenters são vendidas em pacotes de velocidade padrão como: 10mbps, 100mbps ou 1gbps. Poucos datacenters oferecem conexões intermediárias.

Agora, para saber o quanto de conexão equivaleria 100GB, teria que fazer o seguinte calculo:

a. transformar 100GB em bits

100GB = 1024000 Megabytes = 104857600 Kilobytes = 107374182400 bytes = 8589934592000 bits.

b. Dividir a quantidade de bits encontrados pela quantidade de segundos/mes.

segundos/mes = 24*3600*30 = 2592000

8589934592000/2592000 = 3314017,9 bs

Ou seja, a menor conexão de internet possível para fornecer esse tráfego será uma cuja velocidade seja de 3314047.9 bs (ou ~3.14Mbps). Provavelmente esse servidor tem uma conexão de 10mbps.

Outrossim, tome cuidado com o b minusculo e B maisculo.

mbps = megabits por segundo.

MBps = megabytes por segundo.

1 Byte = 8 bits. A velocidade de internet sempre é em bits/segundo.

O armazenamento de arquivos é feito em bytes. Os navegadores de internet para facilitar a vida do usuário, sempre mostram a velocidade de download em Bytes por segundo, dado que é complicado fazer mentalmente as continhas de bits/segundo. Porém seu provedor de internet te fornece a conexão em bits/segundo.

Quanto a sua pergunta: 15mbps = ao que? Ora como disse... tem que calcular o máximo que dá para baixar com esse link.

Não fiz o calculo mas será próximo a 4750GB/mês. Ou seja, esse servidor aguentará trafegar até 4800GB/mês em dados por mês.

Esses são calculos nominais para um mundo perfeito.

Link to comment
Share on other sites

Quando se oferece o tráfego em GB, significa isso:

O servidor tem uma conexão de internet em alta velocidade, porém você só poderá usar parte dessa velocidade. Como é quase impossível limitar essa velocidade no servidor para cada usuário, então eles calculam o quanto de download/Upload (em gigaBytes) dá para fazer nessa conexão e dividem daí a quantidade que cada tem direito em usar por mês.

Sim, agora compreendo bem o motivo dos datacenters escolherem um ou outro para seus produtos! Valeu muito a resposta!

Link to comment
Share on other sites

Link de 100GB e a velocidade, a conecxão com ele na internet a taxa de donwload/upload se for full duplex é claro, agora a banda de cada plano é o tamanho que você pode usar para transferir arquivos, como por exemplo 15mb de banda você tem um site de 20mb para transferir, bom vai exceder o limite, de sua banda, tudo conta banda, como por exemplo você ta acessando o forum tá consumindo sua banda local, em cada vez que carrega sua pg, igualmente se for no seu servidor, ou serviço.

hoje DC Brasileiros não trabalham com limite de banda em dedicados, eles tem um link que é utilizado como por exemplo 10mb de link, quer dizer a conecção da maquina é de 10mb.

já servidores estrangeiros utilizam limite de banda geralmente de 1TB para cima, que é muito.

tentei explicar do meu jeito, se não compreendeu muito bem me desculpe, não sou muito bom com as palavras ksoapskaposkapo.

Link to comment
Share on other sites

Quanto a sua pergunta: 15mbps = ao que? Ora como disse... tem que calcular o máximo que dá para baixar com esse link.

Não fiz o calculo mas será próximo a 4750GB/mês. Ou seja, esse servidor aguentará trafegar até 4800GB/mês em dados por mês.

Esses são calculos nominais para um mundo perfeito.

Estes são cálculos normais para uso contínuo e sem picos e vales no gráfico de banda (isto é, utilização constante 24h/dia).

Nesse parâmetro, a média de 1Mbps = 324GB de dados transferidos no mês.

Com a utilização clássica picos-e-vales (maior uso durante o dia e menor durante a noite, em forma senoidal), a média de 1Mbps = 200GB de transferência.

Lembrando que a cobrança por GB para o usuário final utiliza-se do uso médio de banda, e não do pico.

Já as operadoras de telecomunicação cobram pelo link utilizado, com um mínimo de X Mbps contratados, mas podendo subir ao máximo que a porta/tecnologia aguenta (em geral 100, 1000 ou 10.000 Mbps) num método chamado 95th percentile (90th percentile em alguns carriers). Isso equivale a fazer medidas de quantos Mbps estão sendo usados naquele determinado momento, a cada 5 minutos; ordenar estas medidas da menor pra maior (ou vice-versa), e remover os 5% (10%) de medidas maiores. A maior que sobrar, é o valor que será cobrado como sendo o da utilização. Em tese, isso permite que você alcance velocidades ou uso máximo do link por até 36h no mês, sem ser cobrado por isso (a menos que você mantenha essas velocidades altas por 36h 5min) :-)

Outras operadoras vendem link full, fixo, 100Mbps, 1Gbps ou 10Gbps. Elas ganham mesmo se o usuário não utilizar tudo, a vantagem desse modelo é que ele dispensa a verificação mensal/manual e cobrança dos Mbps excedentes ao mínimo contratado (no modelo 95th %). O preço é fixo mensal. E, também, o segredinho: uma porta nunca pode chegar a 100% de utilização, por causa dos overheads de protocolo (layer2, e layer3, como o TCP/IP).

Vender por Mbps ou GB depende muito mais de razões de planejamento, automação, técnicas ou econômicas. O modelo que mais se adaptar aquele modelo de negocio especifico é o que será utilizado...

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...