Jump to content
Limestone de cara nova! ×
Portal do Host

aldemaroc

Junior Member
  • Posts

    44
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

3 Followers

Personal Info

  • Name
    Aldemaro Campos
  • Location
    Campina Grande - PB

Contact info

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

aldemaroc's Achievements

  1. @Rafael Burjack da bhostbrasil.com.br pode te atender
  2. Isso será nos servidores DNS para seu bloco de IPs (você falou de BGP, então presumo que você tem ASN e um prefixo para anunciar) Com qualquer roteador que faça BGP e túnel GRE, que é a prática mais comum. Como os colegas falaram, você está com dúvidas em pontos muito importantes de qualquer rede. Quem sabe eles estão certos e seja melhor contratar alguém que entende bem do assunto para fazer?
  3. É uma boa ideia, porém você irá aumentar o tempo de resposta de seus sites caso o outro datacenter esteja muito longe da OVH. O ideal é ter o servidor que irá atuar como proxy reverso perto do servidor primário ou do usuário final para diminuir o "caminho" a ser percorrido. No seu caso eu faria o proxy reverso no mesmo datacenter, ou então faria o cache com o cloudflare já que eles tem presença em basicamente todo o mundo.
  4. Cloudflare não funciona para você? Existe até plugin para integrar ao cPanel se me lembro bem.
  5. Eu acho que o forum não permite que eu promova meus serviços, mas a gente oferece colocation de 1u um pouco acima desse valor, e tem outros datacenters que também tem valores bem próximos. "Colocation 1u brasil" no google te dá vários resultados... Primeiro, para fazer colocation seu servidor deve ser de rack e ter os trilhos ou kit de fixação de rack. Se você tiver o conhecimento necessário é mais barato montar o servidor você mesmo. Sempre recomendo a meus clientes comprarem servidores sem processador, memórias e discos, e depois comprarem esses itens separadamente. No ebay por exemplo você encontra processadores de segunda mão muito bons por 1/8 do valor aqui no Brasil. Quantos você quiser, não tem nenhuma lei que limite quanto você pode vender. Para que cada cliente tivesse 100% de garantia dos recursos que ele contratou você não poderia vender mais de 20, porém partindo do princípio que nem todos os clientes que você tiver vão utilizar tudo que contrataram, você pode vender mais do que tem no servidor. Se você vender demais seus clientes vão ficar "disputando" os recursos da máquina, então você deve saber dosar. Não existe receita de bolo para isso, tudo depende de quanto você pretende cobrar e que tipo de serviço você quer oferecer a seus clientes.
  6. O melhor custo x benefício é sempre comprar sua própria máquina e fazer o colocation. Para uma máquina de 1u tem lugar aqui no Brasil que cobra 300-400/mês. Quando você aluga uma máquina pronta de um datacenter você paga pelo colocation, pela energia, pelo aluguel do hardware, pela rede, pelo suporte e obviamente nós temos que incluir lucro em todas essas etapas. Quanto ao que você vai ganhar, aí já é algo mais complicado de te falar. Por que não começar pequeno? Assim você vai aprendendo e expandindo com o tempo.
  7. Ele já tem um dedicado, basta fazer um colocation mesmo.
  8. Eu odeio ser "esse tipo de cara", mas você tem certeza sobre o que está fazendo? Montar um datacenter vai muito além de comprar um rack e coloca-lo em uma sala climatizada. Você tem que pensar em redundância elétrica com UPSs e geradores, ter múltiplas operadoras com múltiplas abordagens cada, pensar em controle de acesso, sistema de supressão de incêndio além de diversos outros pontos que vão muito além de uma sala climatizada com um rack. Que tipo de qualidade você quer oferecer a seus clientes? Agora apenas sobre sua dúvida, a entidade que aloca ASN e blocos de IPs no Brasil é o registro.br, porém recentemente eles esgotaram os estoques de IPs disponíveis, e você só conseguirá receber uma alocação SE alguém devolver seus blocos e você ter a sorte de ser sua vez na fila de espera. Quanto a "de onde vem a internet" das empresas de hospedagem, são links dedicados, acordos de peering e internet exchanges. Após a conexão ser feita nós fazemos o anúncio do bloco que o registro.br nos alocou por meio do protocolo BGP. Isso não é barato, aqui por exemplo chegamos a pagar até R$25/mês por cada 1Mbps com a Claro por exemplo. O link mais barato que temos custa R$5/mês por cada 1Mbps.
  9. Então pelo visto o vendedor apenas não sabe como os planos deles funcionam. Se você tiver disposto à arriscar seu dinheiro e testar não vejo qualquer problema visto que não tem multa. Outro ponto que você tem que considerar é o tráfego de download, que entrará normalmente pela porta do servidor dedicado, e não pelo cloud.
  10. Em meu ver esse tática de apontar o gateway provavelmente não irá funcionar. Normalmente o tráfego é calculado diretamente na porta do switch onde o servidor é instalado, ou seja, não importa se o tráfego é interno (de/para o mesmo datacenter) ou externo (de/para a internet), o tráfego contará normalmente. Provavelmente estão apenas tentando de prender em algum contrato, ou o vendedor não tem muita certeza do que está falando.
  11. Carlos, Pelo visto esse é o orderform do meu site. Fiz isso apenas editando o checkout.tpl e adicionando uma imagem antes do nome do gateway ( {$gateway.name}). Você pode fazer de duas formas: usando o nome do gateway como variável para o nome da imagem (que foi o que fiz), ou com um statement if. No geral isso também dependerá do orderform que você está utilizando. No six não deve ser muito difícil de fazer, porém para cada orderform você deverá analisar direito, e talvez seja necessário editar/adicionar algo no arquivo css de sua template/ordeform para que tudo fique encaixado.
  12. Obrigado pela informação. Você tem alguma documentação ou diretriz em relação a isso? Procurei no site da Lacnic, porem sem sucesso, mas ultima vez que me informei com o registro.br era possível anunciar blocos daqui fora da região da Lacnic apenas no caso de anycast, e apenas se também for anunciado aqui. Em todo caso, reforço minha dica que utilizar os próprios blocos da OVH fazendo SWIP. Dessa forma ficará mais barato (a OVH não cobra valores mensais), as informações de whois serão do cliente e não da OVH, e ainda ficará com o bloco da Lacnic livre para uso. Enviado de meu XT1683 usando Tapatalk
  13. Creio eu que a polícia do registo.br (ou da Lacnic) não permita anuncia seu bloco fora da america latina. Em todo caso, por que você não "compra" um /24 como eles e pede para fazerem SWIP do bloco para você? Assim o email de abuse será seu. Enviado de meu XT1683 usando Tapatalk
  14. A quadranet em Miami é muito boa também. Tem uma excelente rede para o Brasil. Enviado de meu XT1683 usando Tapatalk
  15. Olá amigo, bem vindo ao forum. A multi virtualização (que é como eles chamam), funciona bem, porém só até certo ponto. Eu por exemplo tenho um node virtualizado tanto em KVM como em OpenVZ, mas não o utilizo em produção por diversos fatores. O principal dele é que o processo qemu-kvm as vezes é atribuído a um dos containers OpenVZ e quando isso acontece o VPS em KVM desliga por conta do OOM-killer. Alguns outros colegas com quem tive a oportunidade de conversar já me falaram que não tiveram problemas, mas eu particularmente não recomendo utilizar em produção e com clientes que precisam de estabilidade. Te recomendo pegar um dedicado desses quase de graça que tem na américa do norte, instalar lá e realizar alguns testes (tipo colocar 10 VPS de cada tipo nele e encher a RAM/disco). Assim você terá uma ideia dos problemas que irá enfrentar e poderá decidir melhor se esse setup funcionaria para você.
×
×
  • Create New...

Important Information