Jump to content

Swap Plesk


Recommended Posts

Recentemente migrei para o plesk e tenho recebido diversas mensagem de sobrecarga de Swap.

O limite de uso de swap foi excedido

AVISOMonitoring
00:24
O status de uso da troca é crítico!
O valor atual é 851.9 MiB.
 
Como faço pra descobrir qual website "dominio" está consumindo os recursos com excesso?
tentei verificar nas informações mas não consegui descobrir qual domínio em específico para que eu possa analisar o website.
 
Alguem poderia me ajudar?
 
Desde ja agradeço pela ajuda. obrigado 
Link to comment
Share on other sites

A memória Swap não é consumida por domínio em específico, e sim pelo servidor.

É normal o servidor usar a memória swap em alguns funcionalidades para auxiliar a memória padrão.

 

O seu problema é que a sua swap está limitada a 1GB pode se ter 4GB De memória swap está de bom tamanho .

 

Para aumentar a memória swap no seu servidor Linux, você pode seguir estas etapas:

  

Desativar a swap atual:

 

   sudo swapoff -a

 

Criar um novo arquivo de swap:

   Crie um novo arquivo de swap com o tamanho desejado. Por exemplo, para criar um arquivo de swap de 4 GB:

sudo dd if=/dev/zero of=/swapfile bs=1M count=4096

 

Definir as permissões corretas:

   Defina as permissões corretas para o arquivo de swap para que apenas o root possa lê-lo e escrevê-lo:

 

   sudo chmod 600 /swapfile

 

Formatar o arquivo como swap:

   Configure o arquivo como área de swap:

 

   sudo mkswap /swapfile

 

Ativar o novo arquivo de swap:

   Ative o novo arquivo de swap:

   sudo swapon /swapfile

 

Verificar se o novo swap está ativo:

   Verifique novamente para garantir que o novo swap está ativo:

 

   sudo swapon --show

 

Tornar a mudança permanente:

   Adicione a seguinte linha ao arquivo `/etc/fstab` para que o swap seja ativado automaticamente no boot:

 

   echo '/swapfile none swap sw 0 0' | sudo tee -a /etc/fstab

 

Ajustar a swappiness (opcional):

   Você pode ajustar a swappiness, que controla a frequência com que o swap é usado. O valor padrão é 60, mas você pode ajustá-lo conforme necessário. Por exemplo, para alterar a swappiness para 20:

 

   sudo sysctl vm.swappiness=20

 

   Para tornar isso permanente, adicione a linha ao arquivo `/etc/sysctl.conf`:

 

   echo 'vm.swappiness=20' | sudo tee -a /etc/sysctl.conf

 

Seguindo esses passos, você aumentará a memória swap do seu servidor Linux.

CWG PORTUGAL - Soluções em Tecnologia, Big Data e Cibersegurança. | PORTUGAL

DOLUTECH - Conheça nosso Blog de Tecnologia, adquira mais conhecimento de forma Gratuita.

eGestor - Plataforma completa de gestão de contratos e documentações.

Cloud Computing Gerenciado / Hospedagem Wordpress / Servidores Dedicados / Cibersegurança / Gestão de Contratos

Link to comment
Share on other sites

14 horas atrás, LucasMoraes disse:

A memória Swap não é consumida por domínio em específico, e sim pelo servidor.

É normal o servidor usar a memória swap em alguns funcionalidades para auxiliar a memória padrão.

 

O seu problema é que a sua swap está limitada a 1GB pode se ter 4GB De memória swap está de bom tamanho .

 

Para aumentar a memória swap no seu servidor Linux, você pode seguir estas etapas:

  

Desativar a swap atual:

 

   sudo swapoff -a

 

Criar um novo arquivo de swap:

   Crie um novo arquivo de swap com o tamanho desejado. Por exemplo, para criar um arquivo de swap de 4 GB:

sudo dd if=/dev/zero of=/swapfile bs=1M count=4096

 

Definir as permissões corretas:

   Defina as permissões corretas para o arquivo de swap para que apenas o root possa lê-lo e escrevê-lo:

 

   sudo chmod 600 /swapfile

 

Formatar o arquivo como swap:

   Configure o arquivo como área de swap:

 

   sudo mkswap /swapfile

 

Ativar o novo arquivo de swap:

   Ative o novo arquivo de swap:

   sudo swapon /swapfile

 

Verificar se o novo swap está ativo:

   Verifique novamente para garantir que o novo swap está ativo:

 

   sudo swapon --show

 

Tornar a mudança permanente:

   Adicione a seguinte linha ao arquivo `/etc/fstab` para que o swap seja ativado automaticamente no boot:

 

   echo '/swapfile none swap sw 0 0' | sudo tee -a /etc/fstab

 

Ajustar a swappiness (opcional):

   Você pode ajustar a swappiness, que controla a frequência com que o swap é usado. O valor padrão é 60, mas você pode ajustá-lo conforme necessário. Por exemplo, para alterar a swappiness para 20:

 

   sudo sysctl vm.swappiness=20

 

   Para tornar isso permanente, adicione a linha ao arquivo `/etc/sysctl.conf`:

 

   echo 'vm.swappiness=20' | sudo tee -a /etc/sysctl.conf

 

Seguindo esses passos, você aumentará a memória swap do seu servidor Linux.

 

Caraca meu, quanto é a mentoria? kkkk

valeu mesmo, muito obrigado, foi alem do esperado, abraço

Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, kirapax disse:

 

Caraca meu, quanto é a mentoria? kkkk

valeu mesmo, muito obrigado, foi alem do esperado, abraço

Hahahaha  foi um prazer poder ajudar .

Qualquer coisa estou por aqui ! Um grande abraço 

CWG PORTUGAL - Soluções em Tecnologia, Big Data e Cibersegurança. | PORTUGAL

DOLUTECH - Conheça nosso Blog de Tecnologia, adquira mais conhecimento de forma Gratuita.

eGestor - Plataforma completa de gestão de contratos e documentações.

Cloud Computing Gerenciado / Hospedagem Wordpress / Servidores Dedicados / Cibersegurança / Gestão de Contratos

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Unfortunately, your content contains terms that we do not allow. Please edit your content to remove the highlighted words below.
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...

Important Information

Do you agree with our terms?