Para não passar fome

0
4
views

Como se não bastasse ter que pagar o servidor, você pode ter que pagar seu carro, telefone, aluguel e comida! O desafio de iniciar uma empresa de hospedagem é árduo e, às vezes, o lucro não vem tão cedo. A decisão de começar uma empresa de hospedagem é baseada na empolgação e na motivação de ganhar dinheiro, mas será somente isso o necessário para ir em frente? Talvez, a mais importante consideração devesse ser o desafio financeiro de sobreviver. Como um iniciante, você deve ter em mente não se uma empresa vai ser lucrativa ou não, mas se você vai ter dinheiro para cobrir pelo menos as suas despesas, e suas necessidades pessoais, se necessário.

Concentre-se no fluxo de dinheiro

O que você quer não é lucratividade, é fluxo. Dependendo da sua fonte financeira, seja ela a poupança de uma vida inteira, o dinheiro que você pegou emprestado, você deve ter em mente que para evitar que a sua empresa entre em falência, você deve ter uma perspectiva de dinheiro entrando e saindo também. Digamos que, como muitos de nós, você comece do conforto do seu lar. Quais são seus custos? Basicamente, a conta de revenda ou dedicado. Embora alguém deste perfil possa se considerado uma micro-micro empresa em comparação com outras grandes por aí, você está começando agora e provavelmente tem um orçamento apertado. Já que temos um servidor, outros custos incluem acesso a internet, linha telefônica, software ou aplicativos para gerenciar (financeira e tecnicamente) seu servidor, empregados/contratados para serviços extras. Estes são custos mensais, que deverão sair do seu bolso. É importante saber gerenciar débitos, para não se endividar por conta de dinheiro a receber, o que é muito comum neste ramo.

Investimento inicial

E não é só isso. Você já está gastando por conta com webdesign, tutoriais, suporte, software de gerenciamento, etc., e eles contam como investimento inicial. Então, lembre que você deve não somente ser capaz de cobrir as despesas mensais, mas também recuperar o investimento feito. Com o investimento inicial e as despesas mensais, agora temos que gerar lucro. Presumindo que você tem uma verba disponível para propaganda (ou algo similar), a receita gerada deve ser maior que as despesas, óbvio, não é?

Esteja preparado

Mas é um desafio enorme, com o mercado saturado cheio de novas empresas de hospedagem, gerar lucro. Ainda mais se você  só tem uns meses de existência no mercado. É preciso tempo, esforço e recursos financeiros para conseguir que aqueles primeiros sonhados clientes paguem a você em troca de hospedagem. É importante, se você pretende viver disso, ter independência financeira para uma autonomia de 6 meses. Por que? A época mais crucial para qualquer negócio são os primeiros meses. Pense assim: o que acontece após seis meses de vida e você tem um número de clientes razoável, mas está atolado em dívidas e não tem perspectivas para pagar o servidor e nem seus custos. Você tenta continuar ou vende seu negócio?

Minimize as despesas

Sabendo tudo isto, só existe um meio de garantir que o seu negócio vai sobreviver ao primeiro ano (a maioria das empresas fecha antes do segundo ano) em colocar em risco o seu estado financeiro. Basta cortar custos. Desde o começo, estabeleça que o essencial é prover um serviço de hospedagem de qualidade. O resto pode ser arranjado. Você precisa mesmo de um atendente para cada turno? De uma licença de um produto que ninguém utiliza no seu servidor? Há muitas coisas nas quais gastar dinheiro, porém você deve se disciplinar e considerar quais são essenciais e precisam ser adquiridas e quais são meramente um luxo, um extra que só vai levar seu dinheiro embora. Separe o útil do fútil. Encontre um amigo talentoso para fazer seu site por um preço camarada, pesquise por promoções antes de assinar mais um servidor. A Internet está cheia de scripts gratuitos, muitos de qualidade excelente (fóruns, helpdesks).

Não esqueça a comida

Agora que está tudo organizado no papel, lembre das suas necessidades pessoais. Se você está colocando todo o seu dinheiro neste investimento, economize. Se você ainda tem outro emprego, mantenha-o até que você esteja ganhando mais com hospedagem. Prepare planilhas e orçamentos, para saber para onde está indo o seu dinheiro. Começar uma empresa de hospedagem requer muito, mas vale a pena. Para os persistentes com vontade de ter sucesso, são recompensadores a experiência e os desafios que você encontra uma vez que eles ficam para traz e você consegue o sucesso. Organize-se e boa sorte!

Trabalha com consultoria e hospedagem de sites no Netmundo, escreve sobre estas experiências aqui no Portal do Host.
SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here