Hospedagem brasileira x Hospedagem ginga

3
67
views
(Última atualização: 11/02/2015)

Televisão aos fins de semana é uma coisa triste para quem tem TV aberta e não alugou nada na locadora. É um festival de clones fajutos. Explico: tenho tv a cabo, plano básico, e adoro reality shows. Os originais. Odeio cópia mal-feita. Por exemplo, o programa da ABC Extreme Makeover – Home Edtion (tinha a “cirurgia plástica” edition) reforma e decora a casa da pessoa em 7 dias, paga a hipoteca, a faculdade das crianças, dá carros, empregos e comida pra vida toda. O Huck põe um ou outro móvel, pinta umas paredes e pronto. Não quero tirar o mérito dele, mas a TV brasileira está repleta de coisas assim, copiamos tudo dos americanos. E não fazemos igual, executamos algo mais próximo de nossa realidade, o que resulta em algo bem abaixo do que eles fazem por lá. Com hospedagem é parecido. Se nenhuma empresa lá de fora tivesse iniciado este “barato” de ilimitado ou de overselling, estaríamos aqui ainda vendendo hospedagem de 10mb a R$ 100,00 em vez de 100GB a 10 reais. Muitos sites de hosts são baseados em templates do template monster, ou cópias de layout já existente. Minhas considerações:

Webdesign

Se você for ver sites de fora, como dos EUA, Austrália e outros países de língua inglesa vai se deparar com uma maioria de sites básicos, com aquele jeitão de web 1.0. O mercado de webdesign brasileiro produz jóias! Os nossos sites dão de pau nos gringos. E melhor ainda, são sites com usabilidade, acessibilidade, versatilidade e agradáveis aos olhos. Somos quase sempre inovadores, criativos e extremamente talentosos, mas a preguiça fala mais alto e a falta de conhecimento diz que tudo que é bom só pode vir de fora. Vide: Café Azul, Mídia Digital, 5 clicks, etc.

Construindo a identidade e estrutura

Não ignoro que os EUA sejam incubadores de tecnologia e que são responsáveis por dissemina-la pelo mundo, entretanto, é necessário dar uma cara a hospedagem brasileira. E, normalmente, este papel é repassado às grandes, como Alog, Locaweb, Ig, Terra, UOLhost, que tem estrutura própria e podem oferecer serviços personalizados e sob demanda. Mas eles não oferecem soluções para revendedores – alguns ainda oferecem dedicados – o que complica para os pequenos e novatos.

Money, money, money…

Quanto ao custo, eu não concordo em oferecer planos EUA e Brasil. Desculpem-me, mas penso assim. Acho um absurdo como um plano “EUA” pode custar mais barato que um plano no Brasil, mesmo com o dólar a quase R$ 2,50. A mensagem que se passa com isso é que lá é mais barato, mas que aqui é mais rápido. Diga-me: se você tem um blog ou um site pequeno e está começando, vai preferir rapidez ou custo baixo? Leve ainda em conta que o suporte é o mesmo – o diferencial é se seus arquivos estarão em Dallas ou em São Paulo. Nós não vendemos o Brasil pros brasileiros. Se comprássemos mais hospedagem aqui, poderíamos oferecê-la a um preço mais atraente.

Meios de pagamento

Eles tem o paypal, moneybrokers, google checkout e outros. Entramos em campo com PagSeguro, MOIP, F2B, Pagamento Digital e agora o Pagamento Certo. Nossos serviços são mais versáteis, com mais recursos e tem maior funcionalidade. Reconheço que algumas tecnologias só estão acessíveis lá fora. E que o suporte lá pode ser muito mais eficaz que o nosso. Isto porque eles estão nisto há muito mais tempo e já pegaram o jeito da coisa. Mas podemos ainda deixar ser clones paraguaios (sem querer ofender). Eles devem servir de inspiração, não de molde. Moldes só servem para fazer réplicas.

Acredito que temos potencial para fazer muito melhor e crescer mais ainda, no nosso ritmo e do nosso jeito. Gente, o mercado brasileiro consome tanto hospedagem lá fora que grandes como a HostGator, HostDime, BounceWeb abriram escritório aqui. É como se o Brad Pitt ou Zac Efron viesse morar do seu lado porque sua esposa assiste muito aos filmes dele. Ele quer ter certeza de saber a opinião dela sobre cada filme para mantê-la cativa, fiel (aos filmes). A presença destas empresas nos informa ainda que estamos servindo mal o nosso mercado interno. Estamos fazendo algo de muito errado. Há de se tomar cuidado para que sua esposa não mude para Hollywood com o Brad/Zac, causando um colapso na sua residência…

Trabalha com consultoria e hospedagem de sites no Netmundo, escreve sobre estas experiências aqui no Portal do Host.
SHARE

3 COMMENTS

  1. Fala que no Brasil se produz melhor em programação e web design do que nos EUA, europa e Russia é blasfemia! Simplesmente não da para levar a serio, temos centenas pesquisas acadêmicas do universo Ti que comprovam que palavras como Design Paterns, UML, MVC Wireframes, entre outras, são simplesmente desconhecidas e não implementadas em quase a totalidade dos desenvolvedore.

    Lamentável esse artigo bairrista, que alias é feito em um sitema GRINGO! WordPress 🙂

  2. Olá tenho um site de filmes e series online completos em hd e 3D (cineoteca.com) é gostaria de saber qual o melhor host para deixar meu script hospedado. atualmente estou hospedado no hostgator, acho bom mais tem vezes que o site fica muito lento. outra duvida é se tem alguma hospedagem que cria ou que tem alguma ferramenta que transforma uma pagina de internet em um app para ipad, iphone e smatphone android. pois meu site e mais destinados a pessoas que querem ver filmes online nesses dispositivos. obrigado

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here