Clicky

Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
msaulohenrique

AdvanceHost e sua patente

Posts Recomendados

Recebi o seguinte e-mail hj.

Boa tarde SAULO, tudo bem?

É com grande satisfação que lhe escrevo para informar que lançamos hoje 26/09/2018 ás 18:00Hs uma NOVA VERSÃO de nosso APP Android.

Tivemos várias insatisfações de clientes nos últimos meses com APP traando, fechando sozinho além de diversas incompatibilidades com versões diferentes do Android.

Visando tirar da rede da Google Play aplicativos maliciosos o Google atualizou suas políticas internas não aceitando mais aplicativos com notas menores que 18~20,  por isso tivemos essa batalha contra o tempo.

Nossa nova versão do Aplicativo Android (APP), segue e respeita todas normas e diretrizes da nova política do Google e trabalha com nota acima da 26.

(há uns 10 dias atrás havíamos lançado uma versão paliativa, mas a mesma já foi trocado hoje!)

Estamos consolidando um time e em breve um leque de atualizações estará disponível para você cliente.

Em tempo: Existem 3 painéis de renome no mercado, Centova, WhmSonic e nosso painel.  Há diversas empresas oferecendo uma versão pirata de nosso painel, versões piratas alteradas, modificadas recebendo cada dia um nome diferente no mercado.  Já finalizamos o registro da patente da criação do painel pelo César e todos que fazem uso serão pontualmente notificados.

---
ADVANCE HOST
http://central.advancehost.com.br

O Otávio havia me comunicado, no entanto, entrei em contato na época em que fui comunicado e eles negaram tal patente.

Peço desculpas se postei na área incorreta.

Editado por msaulohenrique
  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E como que essa empresa vai comprovar que é a verdadeiro desenvolvedor. Nunca vi isso, uma empresa desenvolver um sistema, esse roda no mercado a alguns anos e depois patentear. Tá bom...

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sei mais uma patente no brasil demora anos mais se tiverem algum registro pode ter certeza que vai dar problema pra quem pirateou algo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Otavio disse:

Não sei mais uma patente no brasil demora anos mais se tiverem algum registro pode ter certeza que vai dar problema pra quem pirateou algo.

Primeiro tem que provar que piratiou. Outro, são inúmeras versões distribuídas aleatoriamente, cada um pega e modifica a sua realidade. 

Não vamos tampar o sol com a peneira, vamos aos fatos. E pelo que procurei no site do instituto não tem nenhum pedido de registro até então. O processo deve levar de 1 ano ou mais, certamente qualquer um podem entrar com um advogado durante esse processo para contestar a patente. 

Para mim, de imediato, interpreto como ameaça, veremos o que será procedido de fato. Eles erram em divulgar sem ter a patente, com isso, é certo que terão surpresas durante o processo.

Espere alguém disposto a bater de frente que verá o que acontecerá.

Duvido que vão patentear na UE ou USA, conheço portugueses que tem esse painel e usam no mercado local, fica a dica para quem quer sobressair caso aconteça de fato.

Editado por msaulohenrique

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O desenvolvedor já deveria ter registrado á mais tempo porque este painel já esta rolando na internet não é de hoje . Se não estou enganado a principio o painel foi vendido ha muitos anos atras com a condição que o mesmo não fosse revendido, só que o acordo não foi cumprido e por isso o painel esta rolando pela internet.

Existem dezenas de versões deste painel espalhadas pela internet, mas afinal alguém aqui conhece uma versão superior a original oferecida pela AdvanceHost? 

 

 

 

 

Editado por Dinei Freitas
Acrescentada informações

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Perda de tempo tentar patentear isso, ainda mais no Brasil, consegue registrar a marca, agora o codigo fonte eu nem sei se no Brasil consegue se fazer isso, alem disso caberia a ele o ônus da prova que o codigo fonte foi copiado e está sendo usado por outra empresa.

É melhor gastar a energia em uma boa proteção do codigo fonte e um sistema de validação de licenças, similar ao WHMCS faz e mesmo assim ainda tem gente que consegue piratear.
 

O combate a pirataria tem que ser com atualiações constate e um bom suporte, aliado a um preço justo, assim desistimula, pelo menos uma parte das pessoas a usar software piratas.

Editado por Fabio S Araujo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, LucianoZ disse:

Pode ser que a patente seja no nome não?
Porque no código vai ser bem complicado, ainda mais com uma galera gigante usando.

Patente é um produto que você criou, por exemplo uma bicicleta que voa..rs, marca é o nome de um produto ou serviço seu..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá,

O termo correto neste caso, não é patente, pois patente é um título expedido pelo órgão oficial (no Brasil o INPI) chamado Carta-Patente, que revela o reconhecimento, pelo Estado, de que o objeto sob análise é realmente um invento e não uma mera descoberta.

Quando falamos “marca” temos uma definição natural do que vem a ser esse vocábulo. Essa ideia, do senso comum, nos diz que marca é um símbolo, um sinal, um emblema, uma insígnia, uma “identidade”, etc. Marca é exatamente isso, ou seja, um sinal distintivo cuja finalidade é realmente identificar produtos e serviços.

Agora vamos ao que interessa, neste caso, registro de software. Software ou Programa de Computador refere-se basicamente ao conjunto das instruções processáveis por computadores. Organiza-se através de programas que podem ser armazenados no banco de dados do computador, de modo a serem rapidamente acessados pelo sistema. Tais informações podem ser facilmente alteradas pelos programadores. Como exemplos de softwares podem ser citados o Windows, Microsoft etc. O software não se confunde com o hardware, na medida em que este último trata simplesmente do conjunto de componentes do computador, sendo o próprio computador um deles, além dos periféricos.

Vale dizer que qualquer invenção relacionada à plataforma do hardware, rotinas, estrutura de processamento e outros elementos de configuração que beneficiam o processo industrial e operacional de um computador poderão ser protegidos por patente, mas não por registro de software.

O software tem um prazo de proteção de 50 anos contados do dia 1º de Janeiro do ano seguinte ao da publicação e, na falta de publicação, 50 anos contados da data da criação. Durante este tempo o titular tem o direito de exclusividade da exploração do programa. Importante observar que é extremamente fácil e barato copiar os programas de computador, o que é altamente injusto para quem desenvolve. Por esta razão, a proteção é absolutamente recomendada. O pedido de registro de software é processado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Resumindo: como ele não fez o registro no ínicio, agora qualquer um pode alegar ser o autor mesmo assim caso ele peça o registro, outros podem entrar com recurso alegando ser o autor, tudo vai depender da documentação apresentada e da ánalise do técnico do INPI.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.





×