Ir para conteúdo

AngelCosta

O whmcs é mesmo a única opção?

Qual gerenciador de hospedagem você usa?  

36 votos

  1. 1. Qual gerenciador de hospedagem você usa?

    • WHMCS
      30
    • Outro gerenciador gringo
      0
    • Outro gerenciador nacional
      6


Recommended Posts

Já tem muito tempo que o WHMCS reina sozinho como o gerenciador de escolha de todo ser humano que decide se aventurar no mundo da hospedagem.

Vejo o WHMCS (eta nome SACO de falar o tempo todo) em todo lugar. É tipo o bootstrap dos hosts. As pessoas acabam escolhendo seu provedor por ele oferecer o serviço como cortesia. 

Sim, o serviço é chapado de recursos, serve até para sites que não vendem hospedagem, mas às vezes, a gente quer uma solução simples de cobrança integrada com um servidor, gerenciamento de clientes e tickets de suporte.

Como próximo ano, iremos fazer 10 anos, acho que é hora de revisitar a ideia do gerenciador open-source que tive há uns anos atrás. 

E aí, vale a pena? Quais os recursos básicos (básicos mesmo, para se tornar viável)? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O WHMCS é uma ferramenta consolidada. Com tantas empresas que usam, eles tem condições financeiras de manter o projeto por muitas décadas ainda, e por muito tempo sendo o preferido de novas empresas.

Eu testei um logo que comecei, pra mim que só tinha uma revenda de hospedagem Linux e 20 clientes era perfeito! Mas com o tempo, eu queria por mais coisas para vender além daquilo, e me vi ilhado com o gerenciador que eu tinha, foi ali que eu fui para o WHMCS e nunca mais saí. Já até dei uma olhada pros vizinhos, mas o receio sempre me prendeu, me prende ainda mais em ver grandes empresas de hospedagem usarem ele também, se eu que sou pequeno uso, e grandes empresas usam, não me vejo saindo tão cedo, mas também nada é impossível.

Assim como a briga entre Linux e Windows nos desktops, há quem ame o Linux, há quem o odeie, mas as distros sempre irão existir, algumas vão morrer na praia por falta de investimento e uma comunidade pequena, outra como o Ubuntu, Linux Mint, Kali e etc... estão aí e nunca mais vão embora. Porém ainda é uma briga muito gritante em número de usuários e financeiramente.

Manter um sistema específico para o ramo de hospedagem é parecido, conseguir uma comunidade para desenvolver, gente e tempo para manter, ainda mais no Brasil, é muito complicado.

Eu tiro o chapéu para os sistemas nacionais, é um grande risco, mas se trabalhado bem não tem porque dar errado. Nessa hora é que o governo poderia intervir e contribuir financeiramente para projetos assim, na União Europeia existe um grande fundo para empresas de tecnologia se apoiarem, conheço inúmeras empresas que ganharam seu espaço graças ao fundo. Aqui a gente nem fundo acha.

Eu não usaria nenhum outro gerenciador no momento, mas apoiaria totalmente um open source, minha primeira dica é criar ele pensando também em multi-moedas e multilinguagem, assim já fica até mais fácil de conseguir mais gente para a comunidade, mais cabeças para contribuírem, nosso país ainda não tem essa cultura de contribuir, apenas surrupiar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 minutes ago, AngelCosta said:

Já tem muito tempo que o WHMCS reina sozinho como o gerenciador de escolha de todo ser humano que decide se aventurar no mundo da hospedagem.

Vejo o WHMCS (eta nome SACO de falar o tempo todo) em todo lugar. É tipo o bootstrap dos hosts. As pessoas acabam escolhendo seu provedor por ele oferecer o serviço como cortesia. 

Sim, o serviço é chapado de recursos, serve até para sites que não vendem hospedagem, mas às vezes, a gente quer uma solução simples de cobrança integrada com um servidor, gerenciamento de clientes e tickets de suporte.

Como próximo ano, iremos fazer 10 anos, acho que é hora de revisitar a ideia do gerenciador open-source que tive há uns anos atrás. 

E aí, vale a pena? Quais os recursos básicos (básicos mesmo, para se tornar viável)? 

Talvez convencer algum dos outros gerenciadores nacionais a mudar a licença e as pessoas colaborarem ? 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem muitas opções por ai, creio que um próximo seria o hostbill.

Mas enfim, eu uso a um tempo e esta me atendendo bem, nao tem porque trocar.

Um tempo ate pensei em desenvolver algo, mas pra atender em forma global nao so Brasil. Pra competir com WHMCS e hostbill tem que ser um sistema completo é um projeto grande que leva tempo, e pra atender so Brasil nao vale a pena, muitos so querem as coisas grátis, suporte 500hs por dia e por cima pelo maximo de dedicação ainda reclamam.

Acho que nao vale a pena investir em um projeto nacional, muito ja tem sua estrutura alicerçada no WHMCS e hostbill para migrar para uma mensalidade de igual valor acredito sem complicado, e menos que o valor cobrado pelo WHMCS nao vale a pena.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

WHMCS ocupada esta posição por mérito, sempre investiu pesado em novidades.
O desenvolvimento sempre foi muito ativo, nunca vi ele ficar "abandonado" nem por 1 mês que fosse, acho que isto fez ele ficar a anos luz na frente de qualquer outra alternativa. A equipe é muito focada em oferecer sempre novos recursos mas também estável e seguro.

Pra quem presa por recursos hoje precisa ir de WHMCS,  se presa por segurança, WHMCS, estabilidade, WHMCS.

É incrível, se não houver um detalhe de forma nativa, você encontra com terceiros, como o Edvan ou ModulesGarden por exemplo.
Não penso em sair do WHMCS, o preço é elevado pra nós brasileiros, mas é  o valor que se paga pra usar um software de primeira linha.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Volto a participar daqui só por causa dessa postagem da Angélica. A muito tempo atrás já foi cogitado esse projeto e vou repetir minha opinião. Primeiramente teria que focar apenas no gerenciamento financeiro, para pequenas empresas a integração para criar/encerrar/suspender sites não é prioridade, mas atender nossas peculariedades financeiras tem que ser o principal objetivo. Um sistema com cadastro de clientes seguindo nossos padrões (tem um nacional que segue os padrões do WHMCS, sem o campo de complemento e nem um campo separado só para o número do imóvel!), emissão de faturas mensais, integração com um sistema de boleto bancário no próprio sistema (coisa fácil com o projeto boleto PHP) e integração com os principais portais de pagamento (Moip, PagSeguro, Mercado Pago etc). Só isso já seria uma mão na roda para muita gente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
44 minutes ago, LinkOficial said:

WHMCS ocupada esta posição por mérito, sempre investiu pesado em novidades.
O desenvolvimento sempre foi muito ativo, nunca vi ele ficar "abandonado" nem por 1 mês que fosse, acho que isto fez ele ficar a anos luz na frente de qualquer outra alternativa. A equipe é muito focada em oferecer sempre novos recursos mas também estável e seguro.

Pra quem presa por recursos hoje precisa ir de WHMCS,  se presa por segurança, WHMCS, estabilidade, WHMCS.

É incrível, se não houver um detalhe de forma nativa, você encontra com terceiros, como o Edvan ou ModulesGarden por exemplo.
Não penso em sair do WHMCS, o preço é elevado pra nós brasileiros, mas é  o valor que se paga pra usar um software de primeira linha.

WHCMS não rima com segurança e estabilidade. Software cheio de furos e comportamentos exóticos. 

E eu também não chamaria de primeira linha... Parallels Automation sim, mas precisa customizar muita coisa para o mercado brasileiro. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



×