Por que você está operando no vermelho?

6
Este post tem 6 anos. Tenha isto em mente ao ler seu conteúdo.

É impressionante a quantidade de posts no fórum e de emails que chegam com o mesmo assunto: “tenho um host, mas não tenho clientes”. O começo de um negócio não é um mar de rosas, ainda mais em um mercado online extremamente saturado. Entretanto, existem vários motivos para isso estar acontecendo.

O mercado está prostituído

Se eu ganhasse um pote de Nutella cada vez que eu ouvisse isso… Acho a afirmação muito radical, mas entendo a base dela. Antigamente, as pessoas que mexiam com hospedagem eram experts, pessoas realmente interessadas em apache, performance, firewall, etc. Então se tinha um preço mais alto (lembra como tudo era mais caro?), uma máquina mais personalizada e um suporte mais digno.

Daí chegaram as revendas e acabaram com tudo isso. Vender hospedagem ficou tão fácil como vender Avon, todo mundo faz. Bem, nem todo mundo faz direito, o que deixa a “classe” toda com uma reputação nada boa. Outra novidade foram os HDs infinitos que possibilitam planos sem limites de espaço. Ah, e junte-se a isso os planos de R$ 1,99.

Qualquer um pode fazer isso

Com a facilidade de acesso a revendas e planos com servidores gerenciados, praticamente qualquer um pode entrar na festa. Isto significa que deveria? Não mesmo. É necessário conhecimento, tempo, dinheiro e dedicação. Já falamos aqui que não é preciso ser ninja para administrar uma empresa de hospedagem, e ter uma noção do mercado e do que se vai fazer é o mínimo que se pode pedir.

Falta de planejamento

Uma vez, um amigo comentou comigo que não consegue entender como um “host” que vende hospedagem a R$ 1,99 consegue fechar as contas no fim do mês. No começo pode até ser que você consiga pagar os custos de uma revenda, mas eventualmente, com o crescimento da empresa, o advento de funcionários, aluguel de escritório, mais servidores, gerenciamento, licenças, isso fica inviável. Alguém me aponte uma empresa grande que faça isso.

Você não investe em marketing

Não basta somente pegar uma revenda/vps/dedicado e ficar esperando os clientes acharem você. Eu não canso de falar que o mercado local é o seu maior amigo, o dono da padaria ao lado pode pagar 25-50 reais em um plano de hospedagem, enquanto os “ratos de internet” (nós) vão sair farejando menor preço e passar batido pelo seu site. Existem ainda os anúncios em sites, adwords, diretórios e vários outras dicas que já demos por aqui. Vejo muitos anunciando hospedagem em nosso fórum. Hospedagem é o que não falta ali, o certo seria anunciar vps, revendas, clouds e afins.

Falta de outros serviços

Quem desenvolve sites ou sistemas e começa a trabalhar oferecendo hospedagem e facilitando a vida do cliente raramente fica sem serviço. Ter outros produtos pode ser uma saída interessante para os períodos de baixa venda e para atrair um novo tipo de cliente ao seu site.

A dificuldade nas vendas ou no seu negócio em alguns momentos é normal, mas se você está assim há algum tempo, é hora de pensar se você está fazendo as coisas do jeito certo.

6 COMENTÁRIOS

  1. Oi, Angel.

    Na verdade, creio que, sim, o nosso mercado esteja um tanto prostituído.

    Entretanto, isso não é motivo para lamentações, e sim para comemorar: como em qualquer mercado, o de hosting requer talento, conhecimento e diferenciais para que uma empresa possa se sobressair; clientes que buscam mais do mesmo têm cada vez mais opções de cinco reais ou menos dispostas a brigar por ele, porém quem se propõe a sair dessa vala comum reconhece essa “prostituição” como um filtro que impede que esse tipo de cliente (que não dá lucro, e normalmente dá muito trabalho, e raramente rende algo de positivo, como um mero elogio) acabe chegando aonde não é o lugar dele mesmo.

    É possível a qualquer um prosperar no nosso mercado, basta encontrar diferenciais e oferecê-los aos potenciais clientes. No começo os clientes demoram um pouco a chegar, mas qualquer comerciante sabe que precisa de um tempo até o orçamento equilibrar e só a partir daí começar a ter lucro.

    Na PortoFácil nós temos diferenciais que nos permitem operar com um público que nem sonha em usar hospedagem “de massa”, e há muitos outros diferenciais que gostaríamos de implementar, mas não podemos dar o passo maior que a perna.

    E olha que a gente não registra domínios, não desenvolve sistemas, não faz manutenção, nada que não seja gerenciar os servidores da nossa própria rede. Tampouco fazemos investimentos em marketing, a não ser alguns twits de vez em quando, e alguns banners que os clientes veiculam espontaneamente em seus websites.

    Aliás, vejo também uma presunção muito grande de muitos “concorrentes” ou colegas de profissão que simplesmente não têm condições técnicas de tocar uma empresa de hospedagem, e saem abrindo revendas como quem vende sanduíche na praia.

    Fico triste ao ver gente que não prospera, que acaba o mês no vermelho, mas desejo de coração que cada um encontre seus diferenciais, descubra o que sabe fazer melhor que os concorrentes, e se sobressaia por isso.

  2. Olá a todos…

    Em primeiro lugar excelente post… em segundo lugar excelente comentário do Janio Sarmento…

    Em abril de 2009 quando comecei meu negócio com hospedagem de sites, imaginava que eu iria arrebentar com as vendas pela internet… confesso que não entendia muito do negócio e enquanto planejava o site, os planos e serviços li muito material (inclusive aqui) que me ajudou um pouco.
    Nunca esqueço de uma frase que li: “Quer montar um host ou criar sites? NUNCA DESPREZE O COMÉRCIO LOCAL”…
    Se eu tivesse desprezado tal frase e o comércio local, hoje eu não estaria no mercado.
    Na minha opiniao o segredo é fechar serviços na sua cidade, com pessoas que conheçam você e seu trabalho. No entanto, muita das vezes, as pessoas que fazem e hospedam sites se “queimam” com seus clientes e isso acontece muitas vezes por falta de preparo/conhecimento.
    Depois que o negócio está consolidado, através do comércio local, é hora de pegar o que sobra e investir em publicidades para atingir públicos de outras regiões.
    Sinceramente eu não sinto falta de vender pela internet, pois meu mercado local é pouco explorado e vai demorar bastante para saturar… quando isso acontecer eu vou começar a visitar cidades vizinhas, quando eu não tiver mais pra onde ir, eu vou pagar anúncios na internet e tentar vender serviços como vocês o fazem… mais isso vai demorar….
    Não se pode montar um host e esperar que os clientes te achem na internet (não é angélica?)…
    Vá até seus clientes, mostre algum diferencial, invista em cursos de vendas pessoais e boa sorte, saia do vermelho…
    A pesar de estar no interior do pará (o que já é estranho para uma empresa de hospedagem), consegui montar meu negócio, ter lucro, realizar vários sonhos materiais, e sinceramente nunca conheci e se Deus quiser não conhecerei este tal de Vermelho… graças ao meu comércio local.

  3. Ok, Isso não é só no mercado de Host, que acontece! Pensando no modo geral… Tem que ser criativo e as vezes na internet, fazer o  que ninguém fez, torna-se difícil, ai passa um querendo fazer o que outro já fez! E quase sempre pensando em encher o bolso!

    A falta de honestidade, simplicidade é o que muitos não abriu o olho, para aqueles que pensam em só detonar uns aos outros! Quanto um consegue o sucesso o outro vem afim de detonar! Eu simplesmente sigo minha paixão! Não sou expert em tudo, Mais sempre tento ajudar…

    Concordo com o post. No ponto de maketing! Acho que não adianta pagina no facebook, twitter se o produto/serviço não é bom! Eu parei de vender hospedagem, não é muito meu foco ficar lidando com pessoas que ao menos sabe as configurações do php se suporta ou não o arquivos .htaccess
     

    Acho que esse ponto, já basta! Subrinhos é o fim da picada!

    Abraço e sucesso a todos!

    MarvioRocha.Com

  4. Olha essa frase “Quer montar um host ou criar sites? NUNCA DESPREZE O COMÉRCIO LOCAL”… segui ela direitinho moro na Serra Gaúcha e ganhei muitos clientes em potencial.
    Mas tenho clientes do Brasil inteiro, e como diz o Janio falou em diferencias isso ajuda muito buscar novidades para clientes. E oferecer serviço de qualidade com um suporte bom.

  5. Excelente post, angélica! não sei como você tem tempo pra gerir tantas coisas. Você é incrível!
    Angélica eu vi que você tem o Jetpack instalado, porque você não ativa a opção de seguir os posts, assim fica melhor pois chega um e-mail pra mim avisando que um novo comentário foi feito aqui.
    Parabéns angélica!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here